Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
6

INFECÇÃO ENTOPE INTERNET

A Internet foi atacada por um poderoso verme informático que provocou excesso de tráfego e consequente lentidão ou mesmo paralisação no acesso à rede global. Na Coreia do Sul, o país mais ‘on-line’ no mundo, o serviço parou por completo durante algumas horas.
25 de Janeiro de 2003 às 18:12
INFECÇÃO ENTOPE INTERNET
INFECÇÃO ENTOPE INTERNET
Denominado “Sapphire” ou “SQL Slammer”, o verme informático parece ter origem na Ásia e ataca servidores que operam o Windows 2000 SQL da Microsoft, aproveitando uma conhecida falha nesse sistema. A Microsoft já disponibilizou uma espécie de primeiro socorro informático (‘patch’) no seu site, em www.microsoft.com.

O verme, semelhante ao famoso “Code Red”, que quase paralisou a Internet em Julho de 2001, contém um fortíssimo mecanismo de auto-regeneração, responsável pelo excesso de tráfego. Uma vez instalado num servidor SQL, o verme transmite múltiplas mensagens (sondas), ao ritmo de milhares por segundo, procurando servidores frágeis para infectar. “É tão bom a replicar-se que gera quantidades massivas de tráfego, que abrandam a(s) rede(s). O utilizador final nunca o vê, apenas experimenta lentidão na Net”, explicou o director da firma de pesquisa de anti-virus informáticos F-Secure.

Ao princípio da tarde, manhã em Lisboa, a Internet parou por completo na Coreia do Sul, onde a polícia foi instada a investigar o caso. Foi a primeira vez que a Coreia do Sul ficou sem Internet. Recorde-se que o país tem 70% dos lares ligados em banda larga à rede global. A situação neste país foi resolvida ao cabo de algumas horas.

A origem desta infecção parece ser asiática e a introdução do verme na rede terá sido feita por um programador responsável pela instalação de um servidor nos últimos dias. Dificilmente será descoberto o autor deste ‘verme’, tal como não foi descoberto o ‘pai’ do “Red Cod”. Segundo os especialistas, o “Sapphire’ vai provocar lentidão no acesso à Internet e na distribuição de e-mail durante os próximos dias, até que todas as empresas fornecedoras de acesso (ISP – Internet Service Providers) e que operem com servidores SQL resolvam o problema.

Contactados pelo CM On-line, os fornecedores portugueses de acesso à Internet Telepac e IOL responderam não ter sentido qualquer dificuldade até ao momento.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)