Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
9

Já só falta marcar a data

Marco Horácio vai apresentar um novo programa na estação pública. Até lá dedica-se ao Festival da Canção.
16 de Fevereiro de 2007 às 00:00
Marco Horácio. Humor terá peso no novo formato
Marco Horácio. Humor terá peso no novo formato
A RTP está a preparar o regresso de Marco Horácio aos ecrãs com um programa de entretenimento que promete colocar famosos em situações imprevistas. De acordo com o humorista, o programa baseado no formato australiano ‘Thanks God You’re Here’ – ‘Graças a Deus Que Estás Aqui’ numa tradução literal –, “não pretende colocar ninguém em xeque, mas sim verificar como é que as pessoas reagem a uma brincadeira”.
“Não é nenhuma prova de ‘Aqui Há Talento’. Os convidados já têm talento, apenas terão que improvisar um pouco”, explica. O humorista só não sabe quando o programa irá para o ar: “Este projecto ainda está numa fase embrionária, mas, a pedido do Nuno Santos (director de Programas), fui à Fremantle ver o formato original. Gostei do que vi. Acho que pode ter sucesso, mas depende muito das pessoas e dos primeiros programas. Para já há programa, só não há datas.”
Com o novo projecto a dar os primeiros passos, Marco Horácio dedica-se ao Festival da Canção, que terá lugar no dia 10 de Março. Recorde-se que a vertente humorística do concurso está a cargo de Marco Horácio e Eduardo Madeira, dois velhos conhecidos de ‘Levanta-te e Ri’.
À PROCURA DE CÚMPLICE
Na versão australiana de ‘Thanks God You’re Here’ existe um apresentador e um crítico que é simultaneamente o agente provocador. Para esse papel, Marco Horácio gostaria de contar com Bruno Nogueira “pela sua ousadia” ou António Feio “pela experiência e reconhecida capacidade de improviso”.
FADO SATÍRICO NO CARNAVAL
O concerto de apresentação do álbum ‘Best On’, o segundo disco na curta carreira do personagem Rouxinol Faduncho, é exibido novamente na tarde do dia de Carnaval a partir das 18h00.
Gravado no Auditório Ruy de Carvalho, Rouxinol Faduncho faz-se acompanhar ao longo deste musical humorístico por três grandes nomes do fado: Paulo Valentim (guitarra portuguesa), João Mario Veiga (Viola) e Rodrigo Serrão (Baixo).
O disco, que se tornou o mais pirateado do Verão de 2006, é para Marco Horácio “uma aposta ganha” uma vez que “mostrou que havia espaço para o fado humorístico em Portugal”. As mais de 20 mil unidades vendidas parecem comprová-lo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)