Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
5

LUSOMUNDO SEM CONFIANÇA EM ALIANÇAS NACIONAIS

Os grupos Impresa e Media Capital são os parceiros favoritos da Lusomundo para formar uma associação com um grupo espanhol, afirmou hoje à agência Lusa Henrique Granadeiro, o presidente da empresa, admitindo também um entendimento com a Cofina.
16 de Dezembro de 2003 às 00:00
No entanto, não existe ainda uma grande confiança em alianças com empresas nacionais.
"A Impresa ou a Media Capital são os grupos que têm já dimensão para, em conjunto com a Lusomundo, poder associar-se a um grupo espanhol sem diluir a nossa identidade", explicou Henrique Granadeiro. Contudo, a associação a três (duas empresas portuguesas e uma espanhola) é "uma hipótese que não acontecerá a curto prazo". "Paes do Amaral (presidente da Media Capital) parece estar mais preocupado em cotar o grupo Media Capital na Bolsa". Por sua vez, a Impresa poderia ser uma possibilidade mais concreta no curto prazo "se não fosse a dívida tão grande que Pinto Balsemão mantém" pois “os cerca de 150 milhões de euros de dívida da Impresa não auguram um bom negócio para nós".
Quanto à Cofina, que detém uma participação de 19,1 por cento no grupo Lusomundo Media, não está excluída" dos cenários admitidos por Henrique Granadeiro. "Nos negócios não há rancores", reforçou o responsável que lembrou, no entanto, que "a Cofina fez uma entrada hostil no grupo Lusomundo". No entanto, o grupo de Paulo Fernandes não parece ter, para já, dimensão ou peso suficientes para "encarar de frente um grupo espanhol", acrescentou Henrique Granadeiro, sublinhando que "a economia espanhola é 10 vezes superior à portuguesa".
Na corrida à parceria estão os grupos espanhóis Recoletos, que edita em Espanha jornais como a ‘Marca’ ou o ‘Expansión’ e, em Portugal, o ‘Diário’ e o ‘Semanário Económico’, sendo participado pelo grupo Pearson, que edita o ‘Financial Times’. O grupo Vocento, editor de títulos como o jornal ‘ABC’, é outro dos candidatos.
fusão
A empresa Jornal de Notícias passa a chamar-se Global Notícias a partir de dia 23, na sequência da incorporação das sociedades Diário de Notícias, Pressmundo, Prodiário e Someios, revelou ontem à Lusa o presidente da Lusomundo Media.
Ver comentários