Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
5

Luz, a duquesa que foge dos paparazzi

Farta da perseguição das revistas cor-de-rosa italianas, a bela e jovem duquesa Maria della Luce (Mariana Monteiro) refugia-se em Arcos de Valdevez, onde passa a ser conhecida apenas por Luz.

24 de Abril de 2009 às 00:00
Mariana Monteiro
Mariana Monteiro FOTO: Sérgio Freitas

Um triângulo amoroso formado por Luz, Márcia (Maya Booth) e Pedro (João Catarré) dá forma ao enredo da nova novela da TVI, ‘Deixa Que Te Leve’, uma ideia original de Patrícia Muller, desenvolvida e escrita por uma equipa da Casa da Criação coordenada por Sandra Santos, também responsável pela escrita de ‘Feitiço de Amor’, novela que ‘Deixa que te Leve’ irá substituir, já a partir de 11 de Maio.

Quando o tio de Luz, Octávio Távora (João Perry) morre, vítima de enfarte, Maria della Luce Távora Gonzaga Valenti, duquesa de Orvieto, escolhe Arcos de Valdevez, no Minho, para viver. Razões de sobra vão prender a jovem a Portugal. Por um lado, ela conhece Pedro, camponês que gosta de estar próximo dos lobos da serra, e os dois apaixonam-se, apesar de ele estar prestes a casar com outra rapariga, Márcia. Por outro, o falecido tio Octávio, proprietário do hotel Paço da Nascente, deixa-lhe de herança a unidade hoteleira e as respectivas termas.

Quando herda o hotel, Luz herda também uma dor de cabeça: recuperar uma importante nascente, cuja exploração o tio perdera, e que é essencial para o funcionamento das termas. Luz descobre que o tio foi vítima de uma misteriosa chantagem da parte de Fernando (António Capelo). Cabe agora à jovem recuperar as termas e fazer prosperar o hotel rural que herdou. O enredo decorre em dois cenários distintos, Lisboa e o seu ambiente urbano, e a serra da Peneda, uma das mais belas regiões de Portugal, com as termas de um hotel rural, a vila de Arcos de Valdevez e a aldeia do Soajo.

NOIVOS MINHOTOS FICAM À DERIVA

Márcia (Maya Booth) e Pedro (João Catarré) estão noivos quando surge Luz, que deixa o casal à deriva. Este é o triângulo amoroso.

Ver comentários