Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
1

Marcelo faz ‘mea culpa’ e recusa privatização

Presidente da República diz que já “não faz sentido” falar na entrega da RTP a privados, como defendeu há 20 anos.
Duarte Faria 8 de Março de 2017 às 08:43
Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, cortou o bolo do 60º aniversário da RTP ao lado de Gonçalo Reis
Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, cortou o bolo do 60º aniversário da RTP ao lado de Gonçalo Reis FOTO: Pedro Simões
O Presidente da República foi ontem o convidado de honra da cerimónia de comemoração dos 60 anos da RTP e aproveitou a oportunidade para fazer um ‘mea culpa’ em relação à privatização da empresa pública de rádio e TV.

Marcelo Rebelo de Sousa recordou que aderiu, "em certa altura, àquilo que foi uma moda, que foi defender a privatização da RTP".

Hoje admito que aquilo que defendi há mais de 20 anos não faz sentido em Portugal. A RTP deve estar como está, deve continuar a fazer o que está a fazer, com novos meios, com novas plataformas", disse o Chefe de Estado. Numa cerimónia que contou também com a presença do ministro da Cultura, Castro Mendes, e do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, o Presidente afirmou que "todos os governantes sonharam domesticar a RTP" e defendeu que "todos os portugueses, pelo menos uma vez na vida, ficaram a dever algo" à televisão e rádio públicas.

Castro Mendes reiterou a importância de a RTP "investir na Cultura" e "democratizar o seu acesso", papel que deve ser reforçado agora que a RTP 3 e RTP Memória estão também disponíveis na Televisão Digital Terrestre (TDT).

O ministro reafirmou ainda a intenção do Governo de lançar o concurso para a inclusão de dois novos canais na TDT ainda este ano. Gonçalo Reis, presidente do grupo público, revelou que o portal Arquivos RTP, lançado na passada segunda-feira, recebeu 145 mil visitas só no primeiro dia.
Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa privatização mea culpa RTP
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)