Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
9

Mário Soares em documentário

Mário Barroso juntou-se a uma ecléctica equipa de oito intelectuais portugueses e está a realizar um documentário para a RTP sobre Mário Soares e os cem anos de política portuguesa. O cineasta e sobrinho do ex-Presidente da República e antigo líder do PS, prevê que a série documental, com oito episódios de 50 minutos cada, vá para o ar em Outubro de 2010, "por ocasião do aniversário da República", diz.
25 de Janeiro de 2010 às 00:30
Mário Barroso (à esquerda, na foto), cineasta e sobrinho de Mário Soares, realiza esta série documental
Mário Barroso (à esquerda, na foto), cineasta e sobrinho de Mário Soares, realiza esta série documental FOTO: Fotomontagem CM

"Vamos falar de cem anos de política portuguesa, entre 1910 e2010, através do olhar privilegiado de Mário Soares. É a personagem principal, que vai contando as suas memórias, desde as de casa, com o pai, que era ministro da Primeira República, até hoje. Esse testemunho vai depois ser cruzado, entrando em conflito ou não, com outras personagens que viveram todo este período. E que são de todos os quadrantes políticos. Tentámos fazer algo que não seja geográfico", explica.

Mário Barroso tem já "50 horas de entrevista a Mário Soares" e outras tantas a protagonistas que se cruzaram com ele, como "Francisco Pinto Balsemão, Otelo Saraiva de Carvalho, Vasco Lourenço e Moniz Pereira, entre outros".

O cineasta revela ainda que a ideia deste projecto surgiu após algumas conversas com a sua equipa: "Irene Pimentel, historiadora e grande especialista nesta matéria; Ivan Nunes, sociólogo; os historiadores Rui Ramos e Pedro Aires de Oliveira; Pedro Magalhães, politólogo; Rui Tavares, deputado do BE e José Mário Silva, jornalista". A produção era para ter ficado nas mãos de José Pedro Vasconcelos, que poderá vir a juntar-se ao projecto, mas está agora entregue a Ana Costa, da Cinemate.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)