Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
9

Media Capital desilude analistas

O Grupo Media Capital teve um resultado líquido negativo de 5,802 milhões de euros no ano passado.
16 de Março de 2005 às 00:00
O número saiu muito além da previsão dos analistas contactados pela agência Lusa na semana passada, cuja média era de um prejuízo de quatro milhões de euros. No entanto, os 5,802 milhões de euros negativos representam uma diminuição de 87 por cento em relação a 2003, ano em que a Media Capital teve um resultado negativo de 43,513 milhões de euros.
O grupo empresarial presidido por Miguel Pais do Amaral, detentor da TVI, obteve proveitos consolidados de 218,6 milhões de euros em 2004, mais nove por cento que em 2003.
O segmento televisivo foi o que mais contribuiu para os proveitos operacionais: 149,234 milhões de euros (aumento de dez por cento, comparando com 2003).
A maior percentagem de crescimento foi a dos resultados operacionais: 266 por cento, para 19,098 milhões de euros. Também bom crescimento (28 por cento) teve o EBITDA (lucro antes de impostos, juros, amortizações e depreciações): 46,1 milhões de euros.
Quanto à dívida, diminuiu 42 por cento, para 128,394 milhões de euros. A redução do endividamento deveu-se ao encaixe com a operação pública de venda (cotação na praça financeira portuguesa).
Num comunicado enviado ontem à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, o Grupo Media Capital disse que “o imposto sobre o rendimento do exercício constitui uma contribuição negativa para o resultado líquido do período” em análise.
Para o corrente ano, o Grupo prevê um crescimento entre quatro e seis por cento do mercado publicitário e das receitas totais. Para as receitas publicitárias, é esperado um aumento de oito a dez por cento.
As acções da Media Capital terminaram a sessão de ontem a valer 5,51 euros, com uma quebra de 0,54 por cento, e tiveram um baixo volume de negociação: 6951.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)