Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
2

Menos 3,1 milhões em receitas publicitárias na Impresa e na Media Capital

No 1º semestre, Media Capital perdeu 2,97 milhões de euros, enquanto a Impresa registou quebra de 199 mil.
Duarte Faria 29 de Julho de 2017 às 09:53
Francisco Pedro Balsemão
Rosa Cullell
Francisco Pedro Balsemão
Rosa Cullell
Francisco Pedro Balsemão
Rosa Cullell
A Impresa e a Media Capital, donas da SIC e da TVI, respetivamente, voltaram a registar quedas nos proveitos com publicidade no primeiro semestre do ano. Até ao fim de junho, arrecadaram menos 3,17 milhões de euros.

A mais penalizada foi a Media Capital. A empresa que está a ser comprada pela Altice aos espanhóis da Prisa viu os seus rendimentos de publicidade recuarem 5% face ao período homólogo do ano passado, para 57,1 milhões de euros, indicam os resultados entregues na CMVM. Contas feitas, são menos 2,97 milhões de euros.

Por seu lado, a Impresa registou uma quebra de cerca de 199 mil euros quando em comparação com os seis primeiros meses de 2016, para 58 milhões de euros (menos 0,3%), segundo as contas relativas ao semestre. Ainda assim, a área de negócio de televisão do grupo presidido por Francisco Pedro Balsemão fechou com um crescimento de 1,5%.

Os canais da SIC faturaram 48,2 milhões em publicidade, ultrapassando os da TVI. É que a estação liderada por Rosa Cullell ficou-se pelos 46,9 milhões de euros, menos 6% face ao ano passado.

Recorde-se que a Media Capital fechou os primeiros seis meses deste ano com um lucro de 8,3 milhões de euros, mais 952 mil euros (13%) do que no mesmo período de 2016, enquanto a Impresa teve um resultado positivo de 2,8 milhões, menos 827 mil euros (22,5%).

Os resultados da dona da SIC foram penalizados em 1,3 milhões pela reestruturação.
SIC Impresa Altice Media Capital TVI CMVM Francisco Pedro Balsemão Rosa Cullell
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)