Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
4

Milionário dos EUA reforça na Prisa

A Prisa, dona da Media Capital [que detém a TVI], vai receber uma nova injecção de capital de Nicolas Berggruen e de Martin Franklin. Berggruen, milionário norte-americano, é sócio e amigo de Miguel Pais do Amaral, presidente da dona da TVI.
25 de Outubro de 2011 às 01:00
Nicolas Berggruen é sócio de Pais do Amaral na Leya e quer investir na compra dos jogos do Benfica
Nicolas Berggruen é sócio de Pais do Amaral na Leya e quer investir na compra dos jogos do Benfica FOTO: Fabrizio Bensch

O grupo de media anunciou ontem os resultados dos primeiros nove meses do ano, onde obteve um lucro de 17,9 milhões de euros (quebra de 80,4%) e no comunicado enviado à imprensa revelou que "a Timon (da família Polanco), Nicolas Berggruen e Martin Franklin manifestaram a decisão de exercer 75 milhões de ‘warrants’ [opções sobre acções a um preço definido] por um valor de 150 milhões de euros".

Assim, a família Polanco vai avançar com 75 milhões de euros e Berggruen e Franklin com um valor idêntico. Depois do anúncio, Juan Luis Cebrián, presidente da Prisa, revelou que a prioridade do grupo é "fechar com êxito o processo de renegociação da divida", que, no final de Setembro, era superior a 3500 milhões de euros. Desta forma, Berggruen reforça o seu peso no grupo, depois de, no ano passado, através da Liberty, ter injectado mais de 650 milhões de euros na Prisa, uma operação fundamental para as negociações do grupo espanhol com os credores.

Berggruen foi sócio de Pais do Amaral na Media Capital, antes da venda à Prisa, em 2007, e investiu com o português na editora Leya. Além disso, está interessado em colocar dinheiro na compra dos direitos televisivos do Benfica e na criação de um canal concorrente à Sport TV.

PRISA PAIS DO AMARAL BERGGRUEN
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)