Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
3

Mourinho não é ameaça

Quarenta e oito horas depois de ter sido operado, o director-geral da TVI continua atento à ‘performance’ da sua estação, a partir da clínica de onde deverá sair hoje.
26 de Março de 2005 às 00:00
Confrontado com as audiências da SIC, às terças-feiras, quando, uma vez por mês, José Mourinho comenta, no bloco informativo daquele canal as ocorrências mais significativas do universo do futebol, Moniz desvaloriza: “Não vejo isso como uma ameaça. Uma andorinha não faz a Primavera. Vamos aguardar para ver. Não dormimos na forma”. No entanto, o jornal da SIC bateu o ‘Jornal Nacional’ da TVI, com uma audiência média de 13,7% e um ‘share’ de 32% contra 12,9% e 30 por cento.Valores que para já não peocupam Moniz, que deverá deixar hoje a Clínica de Santo António. Com o pé engessado e um colete ortostático que o ajuda a manter imobilizada a coluna vertebral – para melhor solidificar a primeira vértebra lombar –, o director-geral da TVI regressa a casa para passar a Páscoa com a família.
Ontem, em conversa telefónica com o CM, o patrão da estação de Queluz confessou “sentir ainda dores”, que estavam a ser atenuadas “com a ajuda de analgésicos e uns anestesiantes”. Quando tiver alta, José Eduardo Moniz deverá permanecer em repouso absoluto.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)