Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
8

“Não faço ideia do que falam”

Joaquim Coimbra, accionista e administrador do ‘Sol’, será ouvido hoje na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), no âmbito do processo das alegadas interferências políticas sobre o semanário.
6 de Janeiro de 2010 às 00:30
Azeredo Lopes preside à ERC, que ouve hoje Joaquim Coimbra
Azeredo Lopes preside à ERC, que ouve hoje Joaquim Coimbra

"Não faço ideia do que estão a falar", revela Joaquim Coimbra ao CM. "Fui convidado para estar numa audição e não faço ideia do que me vão perguntar", acrescenta.

O caso veio a público quando, em Novembro, o director do ‘Sol’, José António Saraiva, já ouvido na ERC, afirmou à ‘Sábado’: "Uma pessoa próxima do primeiro-ministro e que conhecia bem a situação do jornal e a nossa relação com o BCP, disse-nos que os nossos problemas ficariam resolvidos se não publicássemos a segunda notícia do Freeport". Armando Vara, ex-vice-presidente do banco, disse em entrevista a Judite de Sousa na RTP: "É tudo mentira."

Confrontado com ambas as declarações, Coimbra diz ao Correio da Manhã: "Não quero fazer comentários sobre uma situação sobre a qual farei declarações na ERC."

OPA DA ONGOING À TVI

Entretanto, na próxima quarta--feira, dia 13, será divulgado o parecer da ERC, sobre a OPA lançada pela Ongoing para comprar até 35% da Media Capital, dona da TVI. O regulador, presidido por Azeredo Lopes, já recebeu o estudo encomendado a uma entidade externa, que visava apurar a viabilidade económica do grupo liderado por Nuno Vasconcellos. Agora, falta conhecer o parecer da ERC que, caso seja negativo, inviabilizará o processo. Se for favorável, a Autoridade da Concorrência tem a última palavra.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)