Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
2

Não falo mais da vida privada

Miguel Melo, ainda a recuperar da estada na ‘Quinta das Celebridades’, está surpreendido com o carinho do público, que o reconhece na rua e o trata, na maior parte das vezes, por ‘Batanete’. “Isto é a melhor coisa do programa e não me importo nada que as pessoas me chamem ‘Batanete’. Até acho graça”, salienta.
23 de Junho de 2005 às 00:00
Miguel feliz com o público
Miguel feliz com o público FOTO: Natália Ferraz
É, aliás, naquela série de sucesso da TVI que o actor contracena com o pai, João Melo, de quem, confessa, herdou a alma de artista: “O meu pai sempre foi amador e a ideia inicial era fazer umas graçolas, mas teve a sorte e o jeito de agradar ao realizador. É muito engraçado contracenar com ele, mas irritante, porque eu estava sempre a ‘dar-lhe na cabeça’ e isso, para ele devia, ser terrível.”
'AGORA, ACABOU!'
Miguel Melo prefere não falar sobre o relacionamento com Rute Marques e explica: “A partir do momento em que saí do concurso, não falo da minha vida privada. O meu compromisso com o programa foi agir como se estivesse a viver cá fora com um grupo de amigos e aí falava sobre tudo. Agora, acabou!”
O actor ainda não voltou ao seu restaurante – em sociedade com o irmão Francisco e o amigo José Pedro Vasconcelos, co-apresentador da ‘Quinta’ –, em Alfama, embora garanta estar “a trabalhar com coisas relacionadas com o ‘Santo António’, mas, fisicamente, ainda não estive lá.”
Miguel Melo, ainda a propósito da possibilidade de ter terminado a ‘Quinta’ na condição de vencedor, agora a frio, lembra que nunca imaginou tal cenário. “Não me considero assim tanto, para achar que, entre aquelas pessoas todas seria eu a vencer”.
Ver comentários