Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
6

“Nenhuma empresa da Ongoing foi alvo de investimento da PT”

Nuno Vasconcellos, presidente do conselho de administração da Ongoing, garantiu na Comissão de Ética, Sociedade e Cultura que “nenhuma empresa do grupo Ongoing foi alvo de investimento directo ou indirecto da Portugal Telecom, do seu fundo pensões ou de qualquer empresa do universo Portugal Telecom”.
16 de Março de 2010 às 17:49
Nuno Vasconcelos, da Ongoing, detém uma participação no grupo Impresa, de Pinto Balsemão
Nuno Vasconcelos, da Ongoing, detém uma participação no grupo Impresa, de Pinto Balsemão FOTO: João Cortesão

Vasconcellos, que foi chamado à Comissão de Ética para explicar os contornos do negócio com a Media Capital, disse ainda que estava presente na comissão para "defender o bom nome do grupo Ongoing, corrigindo inverdades que têm sido ditas e escritas". 

Recordando a história empresarial da sua família, disse que o grupo Ongoing, proprietário do 'Diário Económico', "não surgiu de um momento para outro como se fosse um balão de nada", lembrando que a sua família, nomeadamente o seu pai, Luís Vasconcellos, fundador do 'Expresso' e da SIC.

Quando assumiu a liderança da Ongoing Strategic Investments, o ramo industrial dos negócios familiares, em 2006 identificou a área de TMT (Telecomunicações, Media e Tecnológias) como estratégica, tendo a partir dai iniciado investimentos, como a compra de uma participação na Portugal Telecom, na Zon e a compra da Economica, entre outras.

O objectivo, disse, é ser um "importante player nacional nos TMT, com expressão internacional, sobretudo no mundo da lusofonia".

Sobre os resultados do grupo em 2009, adiantou que a Ongoing registou lucros de 44 milhões de euros, tendo encerrado o ano com activos superiores a mil milhões de euros.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)