Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
6

Novela explora belezas naturais do nosso país

Sucessora de ‘Mar Salgado’ alia elenco de luxo a paisagens de Lisboa, Douro e Açores.
Joana Zagalo e Sónia Dias 4 de Setembro de 2015 às 01:00
Filipe Vargas, Igor Marchesi, Lúcia Moniz, Rodrigo Soares, Cláudia Vieira, Eduardo Frazão e Diana Chaves durante a apresentação da novela
Filipe Vargas, Igor Marchesi, Lúcia Moniz, Rodrigo Soares, Cláudia Vieira, Eduardo Frazão e Diana Chaves durante a apresentação da novela FOTO: Rodrigo Bento
A nova aposta da ficção da SIC está a chegar. ‘Coração d’Ouro’ tem estreia marcada para segunda-feira e promete trazer aos espectadores uma história emocionante, assim como paisagens deslumbrantes. Com cenários que passam por Lisboa, Douro e Açores, a nova produção conta ainda com um elenco que junta veteranos e rostos novos da ficção. Foi precisamente na ilha Terceira, Açores, onde a novela foi apresentada, que a ‘Sexta’ falou com os responsáveis por esta nova aposta do canal.

"Estamos a trabalhar com as pessoas certas e acredito que a novela vai ser um sucesso", afirma Pedro Lopes, autor de ‘Laços de Sangue’ e ‘Dancin’ Days’. "O objetivo é conquistar pessoas novas e apresentar o nosso país", acrescenta. Já Luís Marques, diretor-geral da SIC, admite que ‘Coração d’Ouro’ é, desde o início, um grande desafio. "Primeiro pensámos no Douro. E depois, quando pensámos naquilo que poderia dar ainda mais força à novela, pensámos nos Açores, o único sítio comparável ao Douro. Esta produção vai unir Portugal naquilo que tem de melhor", defende.

Com um apoio logístico de cerca de 100 mil euros, o governo dos Açores também contribuiu para esta aposta televisiva. "Estamos sempre de braços abertos para receber todas as apostas na ficção nacional. São cenários magníficos que enriquecem a produção", diz Vítor Fraga, secretário regional do Turismo e Transportes.

"A novela pinta muito o Norte de Portugal, que nunca é tão explorado na ficção nacional. Isso é uma mais-valia, porque a maioria das famílias têm raízes do Norte. Além disso, é uma história de mulheres com personalidades fortes, que nos cativam", afirma Cláudia Vieira, que interpreta Laura, uma jornalista que luta pela filha, criada pela avó. "Vai ser uma luta chegar até ela. Vai ser giro defender uma personagem tão diferente de mim, porque eu sou incapaz de colocar a vida profissional à frente da vida pessoal", adianta a atriz. Já o brasileiro Igor Marchesi, que encarna Bruno Varela, acredita que vai ser uma "novela muito bonita".

"É um trabalho diferente, num país diferente e tenho dado o meu melhor. A trama tem histórias de seres humanos que passam por todas as dificuldades iguais às dos espectadores", diz à ‘Sexta’ o ator, cujo personagem vai sofrer nas mãos de Diana Chaves. "A Diana é uma mulher incrível, uma atriz excelente e uma mulher supergenerosa. Tive muita sorte. Aqui trabalha-se muito. No Brasil é muito mais tranquilo", acrescenta.

Diana Chaves interpreta Jéssica Silva, a namorada de Fred (Rodrigo Soares). Bruno é o seu outro amor. "Ela gosta dos dois e não consegue decidir- -se. Acredito que isto possa ser possível", revela a atriz. Já Rodrigo Soares diz que criou "uma boa química" com Diana Chaves. "Vai ser uma montanha russa de emoções. O Bruno e o Fred são muito diferentes", afirma.

Nos Açores, estiveram ainda Lúcia Moniz, que regressa às novelas na pele de Joana Amaral, uma médica e investigadora que vê o mundo ruir quando o namorado morre no seu dia de aniversário; Eduardo Frazão, que interpreta Jorge Leitão, "uma homem mesquinho, intolerante e intransigente"; e Filipe Vargas, o investigador médico Inácio Lobato, que tem grandes dificuldades em socializar-se.

Com esta novela, as produções da SIC ganham novos horizontes. Depois de ‘Poderosas’, que teve várias cenas gravadas na Tailândia, o canal de Carnaxide aposta agora em cenários nacionais. João Perry e Rita Blanco são as personagens que rumaram à ilha do Pico e Faial, no início de agosto, para gravar algumas das cenas de ‘Coração d’Ouro’. Perry é António Castro de Aguiar, um empresário de sucesso e um conversador.

Desenvolve uma grande relação de amizade com Maria (Rita Blanco) quando descobre que esta teve uma relação no passado com o seu filho Henrique (João Reis), da qual nasceu Catarina (Mariana Pacheco). Ao saber do seu passado, António decide incluí-la no testamento, tentando compensá-la e garantir que ela e a filha não passam por mais dificuldades. Todavia, o sonho de Catarina é ascender socialmente e quando descobre isto não hesita em matar António. Assim começa uma história que promete muitos desenvolvimentos, até porque Henrique, que está convencido de que Maria e Catarina são apenas umas oportunistas, não vai descansar enquanto não as expulsar de casa e reaver a fortuna do pai.
Ver comentários