Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
8

Nuno Vasconcellos: “Foi montado um circo à volta deste negócio”

Nuno Vasconcellos considera que foi “montado um circo à volta deste negócio” [PT\TVI]. O presidente da Ongoing diz que a sua vontade era que o negócio fosse concretizado. “Saí da reunião [da administração da PT a 25 de Junho] esperançado e com grande vontade de ir contra a opinião” que se estava a formar, adiantou. Quando soube que o negócio não se ia concretizar disse que ficou “decepcionado”.
30 de Abril de 2010 às 16:29
Presidente da Ongoing responde aos deputados
Presidente da Ongoing responde aos deputados FOTO: Lusa

 No entanto, Nuno Vasconcellos só era favorável porque em causa estava uma percentagem minoritária da Media Capital [30% a 35%]. “A compra era uma participação financeira, por isso concordei. Se fosse o controlo da empresa se calhar não concordaria”. 

"NINGUÉM ME DÁ ORDENS" 

Nuno Vasconcellos acredita que José Sócrates disse a verdade no Parlamento quando disse desconhecer o negócio entre a PT e a TVI. “Acredito na palavra das pessoas”, disse. Sobre o pelnário de dia 24 na Assembleia da República disse ter ficado “surpreendido com o calor da discussão”. “Acho que se devem respeitar as entidades que representam o País. Quando se coloca uma pergunta e se tenta forçar uma resposta eu não concordo”, disse Vasconcellos.

Questionado se alguma vez foi pressionado, Nuno Vasconcellos fez questão de esclarecer a diferança entre pressão e ordens. "A mim ninguém me dá ordens, a não ser os meus accionsitas e a minha mulher", disse.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)