Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
1

“O Nuno Santos é insignificante”

Emídio Rangel deu uma entrevista à televisão de Fernando Alvim, Speaky.TV, onde fez duras críticas ao director de Programas da SIC. "O Nuno Santos é insignificante", disse, acrescentando: "Já não o conheço."
27 de Junho de 2009 às 00:30
Emídio Rangel disse na entrevista a Fernando Alvim que “a SIC agora está de rastos”
Emídio Rangel disse na entrevista a Fernando Alvim que “a SIC agora está de rastos” FOTO: direitos reservados

Nuno Santos e Emídio Rangel trabalharam juntos na SIC entre 1992 e 2001. Nessa época, Rangel era director da estação de Carnaxide e incompatibilizou-se com o então director da SIC Notícias. Em causa estava a fusão das duas redacções. A partir daí não voltaram a relacionar-se. Agora, Rangel acusa: 'Na altura fui traído pelo Nuno. E eu nunca estou disponível para ouvir os traidores.'

Rangel, que assume ser uma pessoa 'polémica', nega as críticas de 'ser gastador'. 'Nunca fiz nada na SIC que não fosse enquadrado no orçamento, que era visto pelo Balsemão, que é um unhas de fome.' Sobre o estado actual da SIC, Rangel defende: 'O Balsemão só ganhou dinheiro quando lá estive, depois tem vindo a descer. A SIC agora está de rastos.'

Na mesma entrevista ao programa ‘Boa Noite Alvim’, gravada há cerca de 15 dias na casa do apresentador e disponível no site www.Speaky.tv, Rangel defende ainda que Manuela Moura Guedes 'não pode apresentar' o ‘Jornal Nacional de 6ª’ 'por razões estéticas'. O ex-director da SIC, que esteve envolvido no projecto da Telecinco para o quinto canal de TV, acusa: 'A Manuela é uma pessoa preguiçosa. As perguntas que faz aos seus convidados, nota-se que não são trabalhadas. É uma coisa feita às três pancadas.' Além disso, Rangel garante que na troca de acusações de Moura Guedes e António Marinho Pinto, esteve 'do lado do bastonário'.

No fim da entrevista Emídio Rangel assume mesmo que 'José Eduardo Moniz só deixa Moura Guedes aparecer no ecrã porque é mulher dele'.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)