Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media

O que vai mudar na TV em 2011

SIC investe em novos rostos para fazer vingar programação diversificada. TVI aposta nas estrelas da casa e na ficção nacional. A RTP apresenta uma grelha renovada e ecléctica.
7 de Janeiro de 2011 às 00:00
Manuela Moura Guedes vai regressar ao pequeno ecrã com um programa à sua medida
Manuela Moura Guedes vai regressar ao pequeno ecrã com um programa à sua medida FOTO: Jorge Paula

Manuela Moura Guedes e Júlia Pinheiro são os grandes trunfos da grelha da SIC em 2011, ano que promete uma programação ecléctica na oferta informativa e no entretenimento. “A Manuela terá um programa semanal, em directo, com uma matriz informativa, feito à sua imagem, e que deverá estrear em Fevereiro”, adianta à Correio TV Nuno Santos, director de Programas da SIC.

“Conto ter investigação. As pessoas estão à espera que eu lhes dê aquilo que tiveram no passado, que foi um jornalismo que não é muito comum em Portugal. Um jornalismo polémico, frontal, irreverente”, promete Manuela Moura Guedes. O director de Programas da SIC acrescenta que a “equipa está quase fechada”, mas a Correio TV sabe que não será constituída por jornalistas do canal de Carnaxide. Uma porta aberta para Manuela Moura Guedes aliciar alguns elementos da sua equipa do extinto ‘Jornal Nacional de 6.ª’, na TVI. “Há essa hipótese, de facto, mas nada está determinado. Agora tenho de ter uma equipa de qualidade. Sem isso é impossível. Os jornalistas têm de ter características muito próprias para este tipo de projecto”, diz. Quando questionada sobre se já contactou a ex-equipa, Manuela é peremptória: “Já. Mas nada em concreto. Há poucas pessoas a fazer jornalismo de investigação à séria. Felizmente, aquilo em que me tenho metido tem dado certo, mas porque parto sempre com bons alicerces”, revela.

O projecto ainda não está fechado e tem sido alvo de inúmeras reuniões, coordenadas por Alcides Vieira e Luís Marques, director de Informação e director-geral, respectivamente, com a jornalista, Nuno Santos e Gabriela Sobral, directora de Produção. Ainda sem nome, o programa de autoria da jornalista será uma produção SIC, mas não está descurada a hipótese de uma co-produção. A Correio TV sabe que há duas produtoras que são hipótese: a CBV, de Piet-Hein e Pedro Curto, e a Comunicasom, de Manolo Bello.

Para Júlia Pinheiro, Carnaxide reservou o novo programa da manhã (10h-13h). “Estamos a tratar da imagem gráfica do programa. A Júlia começa a trabalhar dia 17 de Janeiro, pelo que estamos a apontar a estreia para a segunda ou terceira semana de Fevereiro”, revela Nuno Santos. A apresentadora terá depois a seu cargo a condução de ‘The Biggest Loser’ (‘O Peso Certo’), com estreia marcada para Abril. “Nós queremos crescer, ter melhores receitas e mais influência na sociedade portuguesa. Isto decorre depois de um longo período de reestruturação e de um alinhamento financeiro da SIC, o que obviamente penalizou as áreas de conteúdos”, refere Nuno Santos.

A não descurar as estrelas que têm feito o canal de Carnaxide, Bárbara Guimarães apresentará ’Portugal Tem Talento’. “Vamos estar em Londres para ver as audições do programa inglês. E contamos começar as gravações em Janeiro”, diz Nuno Santos. O director de Programas da SIC garante que o canal vai continuar na linha de produção interna. No primeiro trimestre do ano está prevista a estreia de uma novela nacional. Na terceira semana de Janeiro a comédia estará em alta com a estreia de ‘Família Mata’, com José Pedro Gomes. “É tradição da SIC ter humor em horário nobre”.

O futebol terá também o seu lugar privilegiado em grelha, que ao longo do ano sofrerá alguns acertos de pormenor. Já para não falar em novas contratações de peso, como Rogério Samora (ver caixa).

Na TVI os trunfos do novo ano são, para já, os rostos da casa: Manuel Luís Goucha, Cristina Ferreira, Fátima Lopes, Leonor Poeiras e Iva Domingues. Teresa Guilherme pode ser uma aposta de médio-longo prazo. A assegurar os principais conteúdos da emissão está Fátima Lopes – ‘A Tarde É Sua’ –, e Leonor Poeiras, com ‘Agora É que Conta’, já que nas manhãs vencedoras de Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira não se mexe. A dupla de apresentadores tem já marcado outro desafio para breve: a co-apresentação de ‘Uma Canção para Ti’. A parceira de Goucha vai assim substituir Júlia Pinheiro no concurso de talentos infantil. Para Manuel Luís Goucha pode estar reservado outro grande projecto: a segunda temporada de ‘Secret Story’ pode ficar nas suas mãos. “Estou a pensar nisso”, disse à Correio TV o apresentador. ‘Depois da Vida’ vai regressar aos ecrãs de Queluz de Baixo com Iva Domingues a comandar a conversa com a médium britânica Anne Germain. Ainda para 2011, a TVI tem previsto o regresso da série ‘Casos da Vida’ e muitas séries internacionais.

A RTP 1 também promete um 2011 com uma programação renovada e conteúdos diversificados. Mas será o humor a dominar os primeiros meses do ano. Bruno Nogueira e Herman José estão na linha da frente, bem como Rui Unas, que, finalmente, estreará ‘Viver É Fácil’. Catarina Furtado e Sílvia Alberto são outras estrelas a manter. “Estamos a pensar num novo formato para a Catarina”, diz o director de Programas, José Fragoso. “O ‘Top ’, apresentado pela dupla Francisco Mendes e Isabel Figueira, muda de cenografia e conteúdo e cresce para 90 minutos. Também o programa de Marta Leite Castro terá nova roupagem. ‘Só Visto’ terá mais reportagem, mais oferta de sugestões de tempos livres, como livros e cinema. Na ficção, Fragoso garante que o canal público vai estar “na primeira linha do cinema português, na co-produção com países que falam português para ganharmos experiência e contacto internacional”. Já em pós-produção para a RTP está uma sitcom à portuguesa: ‘Velhos Amigos’. Em Março nova fornada de ‘Pai à Força’ e em Abril termina ‘Conta-me como Foi’. Mais séries e mais eventos preencherão a grelha da RTP ao longo do ano, entre as quais ‘Maternidade’, com estreia marcada para 30 de Janeiro. Segue-se ‘Sagrada Família’, que deverá estrear já em Fevereiro.

A ficção histórica não é esquecida, através de um projecto para série sobre as invasões napoleónicas, “época menos trabalhada do ponto de vista da ficção”, diz Fragoso. A produção é de Paulo Branco mas a série é uma co-produção internacional e as gravações começam em Maio.

‘AGORA É QUE CONTA’ – TVI

Leonor Poeiras

Aos 30 anos, a antiga apresentadora de ‘Quem Quer Ganha’ está de volta aos concursos com ‘Agora É que Conta’, o programa que ajuda os portugueses a saldar algumas dívidas.

‘PORTUGAL TEM TALENTO’

Bárbara Guimarães

Apresentadora regressa à antena da SIC com a apresentação de ‘Portugal Tem Talento’, uma produção da Fremantle, com estreia marcada para dia 30 de Janeiro. 

NA REPRESENTAÇÃO

Cláudia Vieira

A co-apresentadora de ‘Ídolos’ vai regressar à representação. Cláudia Vie

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)