Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
9

PARA INFORMAR E AUXILIAR

Os cidadãos portugueses com deficiência têm disponível um portal na Internet - em www.pcd.pt - que tem como principal objectivo disponibilizar informações úteis e auxiliar todos os que sofrem de alguma incapacidade física e mental.
5 de Julho de 2002 às 22:15
“O objectivo inicial foi disponibilizar aos cidadãos com deficiência, familiares e pessoas em geral informação sobre deficiência, desde instituições, legislação... No fundo, aquilo que realmente não existe ou que está muito mal divulgado”, explicou o director do Portal do Cidadão com Deficiência (PCD), Ricardo Nuno Teixeira.

UTILIDADE PÚBLICA

O PCD é promovido pela Associação Portuguesa de Deficientes, entidade de utilidade pública sem fins lucrativos, sendo a delegação de São Miguel (Açores) responsável pela promoção e desenvolvimento do “site”.

Actualmente, o Portal do Cidadão com Deficiência oferece informações relativas a legislação, notícias, agenda, biblioteca, fórum de discussão e um “chat”.

Terminada a primeira fase, os responsáveis pelo portal pretendem apresentar mais desenvolvimentos no PCD, nomeadamente um “motor de busca específico para “sites” e colocar páginas directas para as instituições".

"Vamos fazer o Emprego para Todos - uma bolsa de emprego para deficientes - e o Turismo e Locais com Acessibilidade”, contou Ricardo Nuno Teixeira, acrescentando: “O próximo ano é o Ano Europeu do Cidadão com Deficiência e queremos ter o PCD com esses serviços”.

SERVIÇO NO TELEFONE

No entanto, o director do projecto referiu ainda que o grande objectivo é criar um serviço nacional de informação ao cidadão com deficiência através da Internet e do telefone.

E apesar do “feed back” positivo que têm recebido, os responsáveis do PCD - que não tem apoios estatais - estão actualmente preocupados com a constante estabilidade financeira do portal, cujo custo mensal ronda entre 300 a 400 contos.

“Neste momento é a questão que mais me preocupa, mais que o design ou a criação dos serviços. E só mesmo graças ao patrocínio que temos da PT (Portugal Telecom), e também estamos a negociar com um banco, é que mantemos o portal. Todos os outros serviços dependem sempre e apenas do apoio de empresas e a publicidade que temos”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)