Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
6

PAULO PIRES: IRRITA-ME A INJUSTIÇA

Ex-modelo, Paulo Pires rendeu-se definitivamente à arte da representação. Neste momento, integra o elenco principal de “O Olhar da Serpente”, a mais recente telenovela portuguesa da SIC, onde interpreta a personagem “Paulo”, um emigrante que regressa do estrangeiro para encontrar o filho da antiga namorada, “Maria dos Prazeres” (Helena Laureano).
5 de Dezembro de 2002 às 18:58
Amante dos palcos, Paulo Pires está a ensaiar, no Teatro Aberto, em Lisboa, a peça “Menina e Moça”, encenada por Maria Emília Correia, com estreia prevista para Janeiro. Antes disso, estreará a 20 de Dezembro, no Teatro Nacional de S. João, no Porto, a peça “Contos de Natal”, onde o actor será narrador de dois textos.

Quando era pequeno queria ser...

- Várias coisas, entre elas polícia, escultor, arquitecto...

O que o faz rir?

- Pessoas com grande sentido de humor, como, por exemplo, Woody Allen.

O que o irrita?

- A injustiça.

Tem medo de...

- A morte.

Como vamos
de amores?

- Bem.

Quando era criança...

- Gostava muito de histórias de aventuras, de brincar em grupo, de jogar futebol com os amigos. Preferia as brincadeiras que eram quase inspiradas nos “Cinco” e nas séries do mesmo género. Era tímido, mas sentia muita vontade de um dia viajar, conhecer o Mundo. Tive sempre várias paixões por raparigas e por causas da vida. Desenhava muito. Gostava das férias, mas, mês e meio depois, ficava com saudades da escola.

Ídolo?

- Mais do que o ter como ídolo, admiro o Dalai Lama.

Qualidade?

- Sou, ou pelo menos, tento ser uma pessoa bastante honesta e correcta.

Defeito?

- Sou muito refilão e rebelde.

Ponto fraco?

- Que afirmem que eu disse determinada coisa que não corresponde à verdade.

Indispensável?

- A minha mulher e a família em geral, bem como os meus amigos.

Dispensável?

- Ouvir falar de política.

Viagem de sonho?

- Nova Zelândia.

Grande paixão?

- A vida.

Mulher ideal?

- Humana, bonita e inteligente.

Uma mulher bonita?

- Fanny Ardant.

O que mais o atrai no sexo oposto?

- O olhar.

Passaria uma noite romântica com...

- A minha mulher.

Segredo de beleza?

- Ser fiel aos meus princípios. Sentir-me bem comigo e dormir tranquilamente.

Ambição?

- Continuar a ser feliz.

Ódio de estimação?

- Todas as pessoas que fazem mal às crianças, que causam mal ao mundo.

Primeiro emprego?

- A sério, foi como modelo. Quando estudava, trabalhei uns dias, nas férias, numa firma de caixilharia de alumínios.

Filme?

- “O Piano”; “As Asas do Desejo”; e “Paris, Texas”.

Música?

- Prokofiev; U2; Sérgio Godinho; Madredeus; e Zeca Afonso.

Clube?

- Benfica.

Tempos livres?

- Cinema, leitura, tirar fotografias e passear os meus cães.

Máxima de vida?

- Tentar ter qualidade de vida. Não vivo no centro de Lisboa, mas no campo. Tento coordenar o trabalho com
a vida privada.

TV Mais:

- Um bom filme ou uma boa reportagem.

TV Menos:

- Programas de ‘voyeurismo’.
Ver comentários