Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
4

PEDRO QUER JÚLIA FORA DA QUINTA

"Sinceramente, depois do que a Júlia Pinheiro fez, devia retratar-se e abandonar o programa. Achei pouco ético e pouco profissional da parte dela e fiquei desagradavelmente surpreendido porque gostava dela. Admirava o seu trabalho”, revela ao CM Pedro Ramos e Ramos depois de ter deixado a ‘Quinta das Celebridades’ e de ser confrontado com as declarações prestadas pela apresentadora do ‘rurality show’ a um jornal diário.
19 de Outubro de 2004 às 00:00
Para o decorador, as apreciações sobre a sua pessoa – a apresentadora terá dito frases como “é mimado, infantil e tem mau perder” e “teve uma atitude a roçar o patético” – “obviamente manipularam” as intenções de voto.
Como qualquer expulso, Pedro Ramos e Ramos daria hoje a habitual conferência de Imprensa. Mas recusou. “Não vejo necessidade de reunir a Imprensa e não preciso que os outros falem por mim. É só isso”, refere.
O ex-fazendeiro confessa ter ficado aliviado com a expulsão, apesar de ter explodido nas nomeações. “A decisão dos telespectadores é soberana e enquanto não tiver provas do contrário não posso dizer mais nada”, adianta.
Apesar da curta estada na ‘Quinta’, Ramos e Ramos depressa se apercebeu que uns eram filhos e outros enteados: “Em meia hora de emissão, uns residentes têm um segundo ou dois, enquanto outros 20 minutos.
Éramos nove a trabalhar para três protagonistas –Castelo Branco, Cinha e Frota (embora este trabalhasse bastante). E existe a ideia errada de que a Fátima não faz nada, mas ela farta-se de trabalhar”. Para o decorador, Frota é um bom actor: “Ele não está a ser correcto. O jogo não serve de desculpa para faltas de carácter”. Castelo Branco é também um jogador: “Ele joga mas não da melhor maneira. Exibe-se muito para as câmaras. Foi uma coisa que nos apercebemos logo no início, as câmaras só andam atrás de determinadas pessoas. Uns trabalham e outros fazem palhaçadas e são esses que são filmados”.
PAI ADMITE MANIPULAÇÃO
José Maria Ramos, pai de Pedro Ramos e Ramos, confessou que mesmo com o filho no ‘rurality show’ assistia poucas vezes ao programa. “Eu comparo isto a um filme com três actores principais e os restantes são os figurantes”, referiu.
Segundo o pai do decorador, “se ele saiu foi porque o público votou nele, mas não estranho que haja manipulações”. “Este é um programa de entretenimento e eles (produção) procuram mostrar imagens que dêem audiências. Se repararem, as imagem que passam são sempre dos mesmos. Por que é que não passam as dos outros? Só mostram as que lhes interessam”, adianta.
O pai de Pedro salienta que, do pouco que viu da prestação do filho na ‘Quinta’, gostou: “Ele é muito bom rapaz e está sempre pronto a ajudar em tudo”.
José Maria Ramos lamenta as declarações de Júlia Pinheiro à Imprensa, pois “na posição em que está deve ter uma determinada postura. Tinha de se abster de fazer comentários sobre um concorrente. Assim como o meu filho fez mal em explodir no directo quando soube que tinha sido nomeado, também Júlia Pinheiro fez mal ao dizer aquelas coisas sobre o Pedro”.
RESUMO DO DIA
BEZERRO
A ‘Quinta’ ganhou uma nova estrela, com o nascimento de um novo bezerro. Frota e Pedro Reis assistiram a mãe .
TEATRO
Frota e Castelo Branco trabalham sobre o que poderá vir a ser uma peça de teatro a ser representada por todos os residentes.
LIBERDADE
Paula Coelho, a nova capataz, libertou o ‘lord’ de todas as tarefas da quinta. O ‘conde’ pode agora dedicar-se ao ‘dolce fare niente’.
liberdade.
TAREFA
Os residentes aprenderam a trabalhar em correaria, uma arte quase esquecida, onde se trabalha a pele e o couro, para peças equestres, de caça, etc.
PREGUIÇA
As celebridades tiveram direito a uma tarde mais calma. A chuva obrigou-os a ficar em casa e alguns aproveitaram para pôr a leitura em dia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)