Portugueses pouco preocupados com 'fake news' nas eleições europeias

Apenas 57% dos portugueses inquiridos assume estar preocupado com notícias falsas, perante média europeia de 73%.
Por Lusa|26.11.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Portugal é o segundo país da União Europeia (UE) menos preocupado com o impacto que a divulgação de informações erradas ou enganosas na internet possa ter no resultado das eleições europeias, segundo um Eurobarómetro publicado esta quinta-feira.

De acordo com um inquérito divulgado em Bruxelas pela Comissão Europeia, subordinado ao tema "Democracia e Eleições", apenas 57% dos portugueses inquiridos assumiu estar preocupado com a influência das chamadas 'fake news' no desfecho das eleições europeias de maio de 2019.

Esta é a segunda percentagem mais baixa entre os Estados-Membros, atrás apenas de Estónia (56%), ficando muito distante da média europeia, que é de 73%.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!