Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
2

Produtoras custam 107 milhões à RTP

SP Televisão foi a empresa que mais faturou junto da estação pública entre 2012 e 2014.
Duarte Faria 21 de Julho de 2017 às 01:43
‘Bem-Vindos a Beirais’ é uma das produções da SP Televisão transmitidas na RTP
‘Bem-Vindos a Beirais’ é uma das produções da SP Televisão transmitidas na RTP FOTO: Direitos Reservados
As dez produtoras externas que mais faturaram com a RTP entre 2012 e 2014 custaram à empresa pública cerca de 107 milhões de euros. De acordo com os contratos a que o CM teve acesso, a SP Televisão (produtora de ficção e entretimento que tem trabalhado tanto para a RTP como para a SIC) foi a entidade que, nestes três anos, mais dinheiro cobrou à estação do Estado: mais de 35 milhões de euros. Em segundo lugar surge a Fremantle, que recebeu quase 21 milhões de euros, e a fechar o pódio está a Coral Europa, com perto de 9 milhões de euros (ver tabela).

Neste período, a SP Televisão produziu séries como ‘Bem-vindos a Beirais’- que o CM já noticiou ter custado cerca de 20 milhões de euros -, ‘Depois do Adeus’, ‘Sinais de Vida’ ou a novela ‘Os Nossos Dias’. Já a Fremantle é responsável por programas como ‘O Preço Certo’ e ‘Com Amor Se Paga’, enquanto a Coral Europa produziu ‘Água de Mar’.

Entre as produtoras que mais faturaram com a RTP encontra-se também a Produções Fictícias (5,3 milhões), detida pelo atual administrador com o pelouro dos conteúdos da estação, Nuno Artur Silva.

Fora da tabela das dez produtoras que mais dinheiro ganharam há ainda sete outras empresas que cobraram mais de um milhão de euros à RTP: Mentes de Contacto (2,2 milhões de euros); Companhia de Ideias e Duvideo (cada uma com 1,6 milhões); HOP (1,3 milhões); Mola (1,2 milhões); Plural Entertainment, produtora da Media Capital, dona da TVI (1,1 milhões), e Panavideo (quase 1,1 milhões).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)