Produtoras custam 107 milhões à RTP

SP Televisão foi a empresa que mais faturou junto da estação pública entre 2012 e 2014.
Por Duarte Faria|21.07.17
Produtoras custam 107 milhões à RTP
‘Bem-Vindos a Beirais’ é uma das produções da SP Televisão transmitidas na RTP Foto Direitos Reservados
As dez produtoras externas que mais faturaram com a RTP entre 2012 e 2014 custaram à empresa pública cerca de 107 milhões de euros. De acordo com os contratos a que o CM teve acesso, a SP Televisão (produtora de ficção e entretimento que tem trabalhado tanto para a RTP como para a SIC) foi a entidade que, nestes três anos, mais dinheiro cobrou à estação do Estado: mais de 35 milhões de euros. Em segundo lugar surge a Fremantle, que recebeu quase 21 milhões de euros, e a fechar o pódio está a Coral Europa, com perto de 9 milhões de euros (ver tabela).

Neste período, a SP Televisão produziu séries como ‘Bem-vindos a Beirais’- que o CM já noticiou ter custado cerca de 20 milhões de euros -, ‘Depois do Adeus’, ‘Sinais de Vida’ ou a novela ‘Os Nossos Dias’. Já a Fremantle é responsável por programas como ‘O Preço Certo’ e ‘Com Amor Se Paga’, enquanto a Coral Europa produziu ‘Água de Mar’.

Entre as produtoras que mais faturaram com a RTP encontra-se também a Produções Fictícias (5,3 milhões), detida pelo atual administrador com o pelouro dos conteúdos da estação, Nuno Artur Silva.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!