Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
6

‘Público’ acusa Relvas de manobra de diversão

O jornal ‘Público’ reagiu neste domingo, em nota editorial publicada na sua página online, aos documentos enviados pelo ministro Miguel Relvas à Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC).
20 de Maio de 2012 às 19:52
Miguel Relvas, como o CM noticiou na edição de domingo, disponibilizou à ERC a troca de emails entre a jornalista do 'Público' e o seu gabinete, além de um documento onde critica o “jornalismo interpretativo” feito pela mesma
Miguel Relvas, como o CM noticiou na edição de domingo, disponibilizou à ERC a troca de emails entre a jornalista do 'Público' e o seu gabinete, além de um documento onde critica o “jornalismo interpretativo” feito pela mesma FOTO: Miguel A. Lopes/Lusa

Miguel Relvas, como o CM noticiou na edição de domingo, disponibilizou à ERC a troca de emails entre a jornalista do 'Público' e o seu gabinete, além de um documento onde critica o “jornalismo interpretativo” feito pela mesma.

Na reacção, a direcção do ‘Público’ diz que “contrariamente ao que seria de esperar, Miguel Relvas nada diz sobre a substância deste caso, a inadmissível promessa de retaliações à jornalista e ao jornal caso a investigação em curso sobre as suas relações com Jorge Silva Carvalho, ex-chefe do Serviço de Informações Estratégicas e de Defesa, prosseguisse”.

Defendendo a actuação do jornal e do jornalista, o ‘Público’ acusa Miguel Relvas de “elaborar uma manobra de diversão”.

“Recordemos: não é a qualidade da investigação sobre o caso das secretas que está em causa, mas a tentativa de intimidação à jornalista que a conduziu. Não dando explicações à ERC sobre os seus actos e as suas intenções, Miguel Relvas errou o alvo.”

miguel relvas público pressões maria josé oliveira erc jornalismo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)