Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media

Rali Lisboa-Dakar

O desporto é espectáculo também na televisão. E, nisso, o automobilismo pode ser espantoso.
13 de Janeiro de 2006 às 00:00
Rali Lisboa-Dakar
Rali Lisboa-Dakar
O futebol é hoje, em Portugal, o centro de todas as atenções desportivas. Aliás ele há muito que deixou de ser algo a que assistíamos nos estádios para se tornar num espectáculo televisivo.
A televisão tornou o fenómeno desportivo algo de muito diferente. Os meios técnicos de transmissão alteraram para sempre a relação do adepto com o seu desporto preferido. Veja-se o que se está a passar com o Rali Lisboa-Dakar. Os cerca de cinco minutos que a RTP1 nos dá, depois do Telejornal, são excelsas reportagens sobre a aventura no que tem de mais belo.
É óbvio que esta prova pouco tem a ver com o que acontecia há anos, quando condutores de automóveis ou de motos se perdiam nas areias sem horizonte dos desertos africanos. Hoje há o GPS e existem helicópteros que acompanham os concorrentes. Mas a grandiosidade que nos surge no pequeno ecrã é algo de extraordinário. Todos nos sentimos nómadas por momentos, perdidos num universo onde não se descortina o horizonte.
A televisão é isto: o espectáculo total num mundo desconhecido. No Lisboa-Dakar a imagem mostra como, estando longe, estamos ali. Junto de concorrentes que lutam contra as adversidades. Acompanhada de comentários sóbrios como raramente se escutam esta é a vitória do desporto como espectáculo televisivo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)