Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
9

Redação da TVI enfrenta Judite

O Conselho de Redação (CR) da TVI apoia, por unanimidade, Ana Leal e considera que a opção de Judite Sousa de não emitir a peça da jornalista sobre o Departamento Central de Investigação e Ação Penal, no ‘Jornal das 8', "prejudica a credibilidade da TVI", segundo ata a que o Correio da Manhã teve acesso.
17 de Março de 2013 às 01:00

O diretor de informação, José Alberto Carvalho, não concordou com a redação e fez declaração de voto, na qual apoia a decisão da diretora-adjunta.

A referida reportagem acabou por ser emitida na ‘25ª Hora', da TVI 24. No entanto, diz a ata, esteve no alinhamento do ‘Jornal das 8', da TVI, e Judite Sousa tinha conhecimento disso.

Ainda segundo o documento, José Alberto Carvalho recusa discutir o assunto por este ter sido tornado público, lança suspeitas de "fuga de informação" pelo CR e "reafirma a total confiança nos critérios editoriais definidos" por Judite Sousa. Já o CR diz que é "inaceitável" a forma como a direção toma as decisões editoriais distante do debate saudável com os jornalistas".

Esta não foi a primeira peça recusada pela diretora-adjunta. É o caso de um trabalho com o candidato independente à Câmara Municipal de Sintra, Marco Almeida, atual vice-presidente de Fernando Seara, que caiu da agenda.

Desde a gala dos 20 anos da TVI que o clima na redação é tenso, dizem fontes do canal. "As pessoas têm receio de falar, de serem frontais. Isto está de tal modo que questionaram jornalistas se foram eles que vaiaram a Judite na gala da TVI", contam ao CM fontes da estação.

Contactadas, Judite Sousa e Ana Leal não comentaram.

tvi redação judite sousa jornalistas credibilidade
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)