Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media

Redação do JN faz greve aos feriados

DN dá mais tempo à administração.
3 de Abril de 2015 às 21:16
Protesto deve-se contra o pagamento dos feriados a 50%
Protesto deve-se contra o pagamento dos feriados a 50% FOTO: André Kosters/Lusa
Mais de 90% dos jornalistas do Jornal de Notícias (JN) fizeram esta sexta-feira greve em protesto contra o pagamento dos feriados a 50%, enquanto a redação do Diário de Notícias decidiu apresentar uma contraproposta e dar mais tempo à administração.

Os trabalhadores dos dois órgãos de comunicação social pertencentes ao Global Media Group, tal como O Jogo, contestam o incumprimento do contrato coletivo de trabalho (CCT) que estabelece o pagamento dos feriados a 200% e um dia de folga e estão abrangidos por um pré-aviso de greve por tempo indeterminado.

Segundo Cláudia Monteiro, da direção do Sindicato de Jornalistas, só dois dos 48 jornalistas do JN que deviam trabalhar esta sexta-feira na redação do Porto o fizeram, enquanto em Lisboa apenas 2 jornalistas em 12 trabalharam.

No total, a adesão chegou aos 94%, sublinhou. N'O Jogo, a adesão da redação do Porto foi de 50% (6 jornalistas em 12) e em Lisboa subiu para os 70% (2 em 10).

Interpretando "o sentimento da redação", Cláudia Monteiro garantiu que não queriam fazer greve e lamentou que não tenha sido possível chegar a um acordo com a administração: "vivemos uma nova fase no jornal e estamos todos muito envolvidos e empenhados em que corra bem.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)