Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
7

Relvas manda ‘provas’ para ERC

Miguel Relvas enviou à Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) documentos relacionados com as alegadas pressões a uma jornalista do ‘Público’, bem como e-mails trocados entre a profissional e o gabinete do ministro dos Assuntos Parlamentares.

20 de Maio de 2012 às 01:00
Miguel Relvas, ministro adjunto e dos Assuntos Parlamentares
Miguel Relvas, ministro adjunto e dos Assuntos Parlamentares FOTO: Ana Brígida

Na documentação, apurou o CM, são apresentadas, cronologicamente, algumas notícias que a jornalista escreveu, sendo que esta é acusada de ter deturpado declarações de Relvas em várias notícias e de pedir uma resposta com um prazo de 32 minutos.

Nos e-mails trocados entre as partes, verifica-se a insistência da jornalista para ter respostas ao que considerava serem incongruências nas declarações de Relvas na 1ª Comissão Parlamentar.

O caso está a ser analisado pela ERC: "Já começámos a ouvir as pessoas envolvidas, mas o processo ficará com os departamentos de Análise de Media e Jurídico", diz ao CM o presidente do regulador, Carlos Magno.

PS e Sindicato dos Jornalistas querem que Miguel Relvas preste esclarecimentos. PCP pede a demissão do ministro e BE quer que "Passos Coelho se pronuncie" diz a deputada Catarina Martins .

"Estamos a falar da segunda pessoa do Governo. Não podemos tomar decisões precipitadas. Para o PS é matéria que merece ser tratado com dignidade", diz ao CM Inês de Medeiros. Já Paulo Rios Oliveira, PSD, diz que "terá havido algum mal-entendido", apesar de o PSD/Porto ter acusado o ‘Público' de "manipular notícias".

POLÉMICA JORNALISTA PÚBLICO MIGUEL RELVAS MINISTRO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)