Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
2

Renascença troca Chiado pela Buraca

Grupo muda-se no primeiro semestre.
Hugo Real 5 de Fevereiro de 2016 às 14:36
Chiado
Chiado FOTO: Vítor Mota
O grupo R/COM vai abandonar a sua histórica sede em Lisboa, situada na rua Ivens, em pleno Chiado, ainda durante o primeiro semestre deste ano, confirmou ao CM fonte oficial da empresa, detida pelo Patriarcado de Lisboa (60%) e pela Conferência Episcopal Portuguesa (40%). A mudança ocorre depois de, em abril de 2014, a dona da Renascença ter assinado "um contrato de promessa de compra e venda do edifício" com a seguradora Fidelidade, que desde maio do mesmo ano é controlada pelos chineses da Fosun, que adquiriram a companhia portuguesa à Caixa Geral de Depósitos.

Agora, o futuro das emissoras de rádio Renascença, RFM, Mega Hits e Sim passa pela Quinta do Bom Pastor, situada na zona de Benfica/Buraca. A R/COM não revela os números nem da venda da sua antiga sede nem da compra das suas novas instalações. Sobre estas, fonte oficial diz apenas que foi gasto o "necessário para dotar o grupo de meios e condições para fazer mais e – ainda – melhor".

Já o futuro do edifício nº 14 da rua Ivens, de onde a Renascença faz as suas emissões desde 1937 (79 anos), passará pela hotelaria. Em maio de 2014, Jorge Magalhães Correia, presidente da comissão executiva da Fidelidade, revelou ao ‘Expresso’ que entre a compra e a remodelação que será feita no edifício a seguradora iria gastar cerca de 13 milhões de euros, sendo que o objetivo é desenvolver um projeto "diferenciador na hotelaria de topo".

Renascença Buraca Chiado rádio media
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)