Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
1

ROMÃO DA CUNHA ESTÁ VIVO

Após o acidente com a avioneta, há suspeitas de sabotagem sobre o chefe do posto. E um dos passageiros continua desaparecido…
8 de Março de 2003 às 18:50
ROMÃO DA CUNHA ESTÁ VIVO
ROMÃO DA CUNHA ESTÁ VIVO FOTO: Direitos Reservados
O padre “Isaías” (José Martins) conta a “Amélia” (Custódia Gallego) que a avioneta caiu. Ela estremece, ao saber que o marido, “Eliseu” (José Eduardo), era um dos passageiros e “Romão da Cunha” (António Capelo), o outro. “Amélia” põe a sua fé em causa e o padre tenta conformá-la.

Pouco depois, o padre parte para o local do acidente, em busca dos dois homens, ou dos seus corpos, acompanhado por “Domingos” (Eric Santos) e por “Miguel” (Marco d’Almeida). Mal eles imaginam que “Romão da Cunha” está vivo e não muito longe dali! Arranhado e transpirado, o sobrevivente arrasta--se pelo chão, sem se dar por vencido.

Enquanto isso, o comerciante “Américo” (Luís Mascarenhas) fala a “Romão” (Diogo Infante) sobre a sua suspeita de que o chefe do posto, “Amílcar” (Luís Mascarenhas), possa ter contribuído para a sabotagem da avioneta. Pouco depois, “Romão” cruza-se com o chefe do posto, mas recusa apertar-lhe a mão.

Por sua vez, a filha de “Amílcar”, “Camila” (Anabela Teixeira), ao saber pelo pai do sucedido, lamenta que todos os homens que ama tenham um fim trágico. “Amílcar” reage mal ao desabafo e acusa “Romão da Cunha” de ter querido fazer dela sua amante. “Camila” nega e chora!
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)