Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
9

RTP chama ERC e quer auditoria

A guerra que se instalou no mercado televisivo com o novo sistema de audiências da GfK, que em Março substituiu as medições da Marktest, conheceu ontem um novo capítulo. A administração da RTP enviou uma carta à CAEM, organismo responsável por todo o processo, onde coloca uma série de questões, nomeadamente se o contrato assinado entre a CAEM e a GfK está a ser cumprido.
7 de Março de 2012 às 01:00
Guilherme Costa, presidente da RTP, enviou ontem uma carta à direcção da CAEM
Guilherme Costa, presidente da RTP, enviou ontem uma carta à direcção da CAEM FOTO: Diogo Pinto

Na missiva, assinada por Guilherme Costa, presidente do grupo público, a RTP exige uma resposta em 48 horas e deixa claro que se a CAEM considerar que o contrato está a ser cumprido vai "exercer imediatamente o direito à realização de uma auditoria" e se esta confirmar os erros apontados, a empresa "não hesitará em responsabilizar a CAEM (...) pelos danos causados". Se for dada razão à RTP, o grupo quer uma "solução que repare imediatamente os erros detectados", acrescentando que "não deixará de exigir a reparação dos prejuízos já sofridos".

Além disso, a RTP decidiu recorrer à Entidade Reguladora para a Comunicação Social "em busca de uma posição que proteja adequadamente os interesses da RTP".

RTP Audiências Tribunal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)