Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media

RTP COM TRÊS NOVOS CANAIS ATÉ OUTUBRO

Três novos canais até Outubro (Memória, Conhecimento e Regiões), redução de 150 milhões de euros de custos até final de 2004, novo lógotipo e a confirmação do final do programa ‘Acontece’. Pode resumir-se desta forma o balanço de um ano da actual administração da RTP, feito ontem pelo seu presidente, Almerindo Marques, numa cerimónia no Centro Cultural de Belém.
25 de Julho de 2003 às 00:00
Perante uma sala cheia, onde se destacavam o omnipresente ministro da Presidência, Morais Sarmento, o ministro da Cultura, Pedro Roseta , e os principais rostos da estação (faltava o Director de Informação, José Rodrigues dos Santos, de férias), Almerindo Marques repetiu sem cessar o novo slogan ‘Fazer mais com menos’, elogiando o seu trabalho e de seus pares. “Esta era uma empresa sem rei nem roque, que acabava de sair de uma batalha mal travada e com as armas erradas com os outros operadores, e hoje é uma empresa renovada, que inspira confiança a quem a vê, a quem nela trabalha e a quem com ela se relaciona”.
Sublinhando a poupança de 60 milhões de euros este ano e de mais 50 milhões no próximo, Almerindo Marques revelou que em Junho de 2002 o passivo era de 1.300 milhões de euros. Depois, agradeceu aos trabalhadores, referindo contudo que a vaga de despedimentos ficará concluída até Dezembro, altura em que se atingirão os 1600 pretendidos, contra os 2300 de Julho de 2002, estando por acertar as negociações com menos de uma centena.
Sónia Araújo, a co-apresentadora do programa Praça da Alegria, apresentou depois o novo lógotipo (apenas uma barras em tons de azul) que surgirá no ecrã nos próximos dias, e deu a conhecer o projecto das novas instalações, que a RTP dividirá com a RDP no início do próximo ano, e que contemplam um estúdio de 1500m2.
Quanto aos novos canais, o acordo com a TV Cabo está por dias. Quando da transformação do canal 2 em canal Sociedade, chega ao fim o ‘Acontece’, substituído por um novo magazine cultural.
Ver comentários