Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
3

RTP procura novos apresentadores

A estação pública diz que tem os melhores profissionais mas quer mais.
17 de Fevereiro de 2006 às 00:00
Não se prometem mundos e fundos em matéria de carreira televisiva, nem é de esperar gente a passar noites em filas intermináveis. Nuno Santos, director de Programas da RTP1, concebeu um ‘casting’ a nível nacional tão discreto quanto possível: “Queremos trabalhar com sossego, sem visibilidade para o exterior. Daqui a um ano, no máximo, espero ter aqui novos profissionais.” A ideia é escolher os próximos rostos da estação para a área do entretenimento. Os inscritos via internet ultrapassam os quatro mil, sendo a sua maioria jovens universitários da área da Comunicação.
Nuno Santos espera candidatos para todos os gostos mas sabe que um bom apresentador de TV não se esgota numa cara bonita. “Há um conjunto de elementos a ter em conta como uma boa capacidade de comunicação, um bom registo de voz, cultura geral acima da média, disponibilidade para aprender e domínio do inglês e de outras línguas estrangeiras.”
Características que o director de Programas da RTP encontra nos profissionais que trabalham consigo. E escolheu cinco – Raul Durão, Margarida Mercês de Mello, Serenella Andrade, Isabel Angelino e Tânia Ribas de Oliveira – para estar ao seu lado na apresentação do ‘casting’ mas orgulha-se de ter muitos mais: “Temos um conjunto de apresentadores que nenhuma outra televisão tem.”
Aos seleccionados no ‘casting’, a estação pública só oferece a garantia de aprendizagem à altura no Centro de Formação da RTP (reactivado há cerca de ano e meio). O resto virá depois. “Não digo que as pessoas escolhidas tenham logo um programa à espera mas as televisões têm uma necessidade grande de regeneração. Não concebo a RTP sem uma mescla de profissionais experientes e outros menos experientes.”
Os candidatos ao ‘casting’ inscrevem-se via internet e serão depois chamados à cidade mais próxima da sua residência, entre as hipóteses de Lisboa, Porto e Faro (entre os dias 17 de Fevereiro e 2 de Março). A selecção irá fazer-se numa prova dividida em três partes: apresentação, leitura e improviso. Os finalistas são convidados a frequentar o Centro de Formação da RTP.
CARAS DE SUCESSO
Serenella Andrade e Margarida Mercês de Mello são rostos emblemáticos da RTP. A primeira improvisou um momento de culinária e foi aceite para apresentadora.
NOVIDADES NA ESTAÇÃO PÚBLICA
PROJECTOS SÓ CHEGAM DEPOIS DO VERÃO
Os programas ‘Grandes Portugueses’ e ‘Conta-me Como Foi’ estavam planeados para começar no primeiro semestre de 2006, mas com as estreias de ‘Dança Comigo’, ‘A Herança’ e ‘Gato Fedorento’ (para breve), a direcção de Programas da RTP decidiu adiar a sua estreia para o último trimestre de 2006. Aparentemente já eram mudanças a mais na grelha de programação.
‘Grandes Portugueses’ está em fase de pré-produção. De acordo com Nuno Santos “a opção era aumentar o ritmo de produção ou adiar a estreia para o último trimestre.”
‘Conta-me Como Foi’ é uma adaptação de um formato espanhol de sucesso. Terá 26 episódios e a estreia foi adiada para que já esteja no ar no aniversário da RTP em 2007.
Ver comentários