Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
4

RTP recebe 235 pedidos de rescisão amigável

A RTP está já a analisar as 235 candidaturas ao plano de rescisões que lançou em Outubro. No final deste mês serão conhecidos quantos funcionários poderão ser libertados e quanto é que este processo custará à empresa pública.
2 de Novembro de 2009 às 18:53
RTP recebe 235 pedidos de rescisão amigável
RTP recebe 235 pedidos de rescisão amigável

Os pedidos, que foram transversais a todas as áreas da empresa, partiram, na sua maioria, de trabalhadores em situação de pré-reforma.

Face à enorme adesão ao plano de rescisões, o CM apurou que, por constrangimentos financeiros,  a RTP não vai poder atender favoravelmente os 235 pedidos.  Mas os trabalhadores cujas funções vão ser extintas ou sofrer alterações profundas terão prioridade.

A RTP oferece um mês e meio de salário por cada ano de trabalho até ao limite máximo de 150 mil euros por cada funcionário. No caso dos pré-reformas, a empresa disponibiliza-se a pagar 80% do ordenado bruto dos funcionários com mais de 55 anos,  até se reformarem.

A partir de Janeiro de 2010, os descontos dos funcionários em idade de pré-reforma vão subir 8,6%. As empresas, que também serão penalizadas, passam a  descontar 18,6%.

Neste momento, a RTP conta com 2400 funcionários.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)