Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
2

RTP vai pagar até 150 mil €

Os trabalhadores que quiserem rescindir contrato com a RTP têm até à próxima sexta-feira para apresentar as suas propostas aos Recursos Humanos da empresa. A estação pública anunciou, entretanto, que o limite máximo por cada funcionário é de 150 mil euros. No caso das pré-reformas, pessoas com mais de 55 anos, a operadora compromete-se a pagar 80% do salário bruto até se reformarem.
27 de Outubro de 2009 às 00:30
Guilherme Costa preside ao conselho de administração da RTP
Guilherme Costa preside ao conselho de administração da RTP FOTO: Diogo Pinto

A RTP recusa dizer quantas pessoas já apresentaram as suas propostas porque "não há qualquer objectivo quantitativo", disse ao CM fonte oficial da empresa. E acrescentou: "Depois de terminado o prazo, a administração tem um mês para analisar e negociar caso a caso. Até porque há pessoas que fazem falta. Por exemplo, temos poucos realizadores, por isso todos são necessários." A comissão de trabalhadores da estação pública mostra-se satisfeita com a oferta da empresa. "No caso das pré-reformas os funcionários têm melhores condições, já que a lei que entra em vigor em Janeiro os penaliza. Nos restantes casos, a empresa propõe um salário e meio por ano. Há pessoas que ainda não estão em idade de pré-reforma e estão cá há 40 anos", explicou ao CM Ângela Camilo.

Nas situações de rescisão, em que a empresa se propõe pagar um mês e meio por cada ano de trabalho, o limite máximo para essa negociação é de 150 mil euros.

A alteração da lei criará um quadro agravado tanto para trabalhadores como empresas. A partir de Janeiro de 2010, os descontos dos funcionários em idade de pré-reforma subirão para 8,6%. O mesmo acontece com as empresas que passarão a descontar 18,6%.

PORMENORES

ANÚNCIO

A RTP anunciou aos seus trabalhadores que estava aberta a rescisões amigáveis no passado dia 12 de Outubro.

RESULTADOS POSITIVOS

A decisão de avançar com o plano de rescisões foi justificado por Guilherme Costa com o desempenho operacional positivo da empresa este ano, estando as contas até Setembro "claramente acima do orçamento de 2009".

FUNCIONÁRIOS

A estação pública tem neste momento 2400 funcionários e garante que não tem nenhum objectivo quantitativo nestas saídas voluntárias.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)