Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
2

SAÍDAS AINDA AMIGÁVEIS

Na SIC, a sangria das rescisões continua e, ontem, foi o último dia para voluntariamente mais algumas pessoas se candidatarem a sair. O resultado do levantamento das novas “baixas” só será conhecido no decorrer da próxima semana.
14 de Dezembro de 2002 às 00:00
O problema é que se não houver adesões que atinjam os objectivos desejados – reduzir os custos operacionais em três milhões de euros – até ao final do ano será entregue no Ministério do Trabalho o processo de despedimento colectivo.

Confrontado pelo CM sobre todo este processo, Francisco Pinto Balsemão escusou-se “a fazer qualquer tipo de comentários”. Contudo, há quem acredite que “tudo não passa de uma enorme pressão para se obterem mais adesões, porque a empresa não quer arriscar a não conseguir o número pretendido e ficar com o processo de redução de custos bloqueado”, revelou fonte da redacção. “No caso dos jornalistas, a direcção vai chamando os ‘dispensáveis’ aliciando-os a rescindirem com o argumento de estarem na lista e ser melhor aproveitarem o 1,7 oferecido na negociação”. Esta forma de pressão condiciona os “contactados” que, entre ir embora com as mãos a abanar ou sair com algum nos bolsos, nem pensam duas vezes.

Até ao momento a maior razia foi feita nos departamentos de Marketing e Publicidade e nos Serviços Administrativos. Nesta primeira leva conseguiu-se um total de 40 rescisões amigáveis. O que parece não bastar. Resta subtrair de sectores como a informação – onde saíram os jornalistas Waldemar Abreu, Perestrelo e José António Salvador –, técnica e programas, tanto mais que já não existe margem para novos cortes na área da programação.

À MARGEM

'BONS AMIGOS'

SIC e Catarina Furtado confirmaram, em comunicado, a não renovação de contrato que vai levar a apresenatdora para a RTP, como o CM noticiou. A SIC formulou “os melhores votos para o futuro de Catarina Furtado”, que sai do canal sem nenhum contencioso. Por seu turno, a apresentadora “deseja à SIC e a todos os que nela trabalham as maiores felicidades com um abraço de gratidão e amizade”. Manuel da Fonseca, director de programas, elogiou o trabalho de Catarina.

NATAL NA CASA PIA

A SIC realiza depois de amanhã uma emissão especial de Natal na Casa Pia de Pina Manique, onde apresentará os programas “SIC 10 Horas” e “Às Duas Por Três”. O arranque está marcado para as 09h30 e o final previsto para as 17h00, com uma pausa para o “Jornal da Tarde”. O especial contará com a participação de várias estrelas do canal, actores, músicos e vários artistas da Casa Pia, num momento em que a instituição é abalada pelo escândalo da pedofilia.
Ver comentários