Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
1

São instrumentos de prazer

Os blogues servem para servir quem os faz, “são instrumentos de prazer”, diz Rui Baptista, jornalista do ‘Público’, autor do blogue ‘Amor e Ócio’. Este foi um dos consensos entre os oradores do último painel da 4.ª Semana da Comunicação de Abrantes.
11 de Março de 2005 às 00:00
Rui Baptista, Ana Anes e o moderador João Pedro
Rui Baptista, Ana Anes e o moderador João Pedro FOTO: Cosme Durão
Escrever num blogue “limpa a alma”, diz Ana Anes, bloguer e autora do livro ‘Estou à Espera que me Venham Buscar’, inspirado no seu blogue. “É bem mais barato do que fazer terapia”, acrescenta Rui Baptista.
A ‘blogoesfera’ foi motivo, no início, para a contestação política. Hoje é uma plataforma multifacetada que preenche lacunas ao nível, não só político, mas social, emocional, de expressão e de reflexão de o que quer que seja. Os blogues são aquilo que os seus autores quiserem. Não há formas nem regras e existem para todos os gostos. Pinheiro Torres, por exemplo, ex-deputado pelo PSD, arrancou com um blogue “porque estava farto de ouvir que os deputados não trabalham”.
A “bloguice”, como lhe chamou Rui Baptista, reinventa “audiências, emissores e receptores”, diz Luís Santos, professor na Universidade do Minho. É “a primeira concretização da promessa da ‘web’”, diz o docente. Produzir conteúdos para internet está agora acessível a todos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)