Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
3

SIC e TVI atacam Maduro

Privados criticam contrato de concessão que Governo fez para a RTP
14 de Novembro de 2013 às 14:00
Privados criticam contrato de concessão que o Governo fez para a RTP
Privados criticam contrato de concessão que o Governo fez para a RTP FOTO: Manuel Almeida / Lusa

Poiares Maduro tentou tranquilizar, mas Rosa Cullell (TVI) e Pedro Norton (SIC) não estão seguros quanto ao novo contrato de concessão da RTP, grupo que o ministro pretende que seja "relevante e não liderante".

Numa conferência, os privados afirmaram recear o aumento do tempo de publicidade da RTP (de 6 para 12 minutos por hora), bem como o crescimento do grupo na TDT. "Traria graves consequências. Como se aceita que a RTP tenha 12 canais, deixando a ideia de que vão ser financiados pela publicidade?", questionou Pedro Norton, presidente da Impresa, dona da SIC. Opinião corroborada por Rosa Cullell, administradora delegada da Media Capital: "Mexer no mercado publicitário é uma ameaça grave aos privados."

Alberto da Ponte, presidente da RTP, deixou claro que o grupo não tem ambições de liderar, mas de oferecer um produto diferenciador. Admitiu que perde para ‘Casa dos Segredos', enquanto a RTP exibe ‘Uma Família Açoriana', mas que vê ‘Factor X' (SIC). Rosa Cullell não se conteve: "Não é assim tão fácil ter conteúdos e informação boa quando a publicidade cai. E não temos ajudas públicas, nem taxas da EDP [referindo-se à taxa audiovisual]. Rosa Cullell afirmou ainda: "Os privados fazem serviço público e fazem-no com dignidade." Ideia partilhada por Pedro Norton, que diz ainda que a RTP tem o pior modelo de financiamento do Mundo.

SIC TVI RTP concessão publicidade canais TDT financiamento modelo contrato
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)