Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media

Sócrates ganha a Ferreira Leite

O ‘Especial Informação: Entrevista com José Sócrates’, transmitido no passado dia 5 na SIC, foi seguido por 1 225 100 telespectadores, o que corresponde a uma audiência de 13%. A entrevista conduzida por Ricardo Costa, assessor do director-geral da estação, Luís Marques, e José Gomes Ferreira, subdirector de Informação, conseguiu 28,9% de share. Já a ‘Grande Entrevista’ com Manuela Ferreira Leite, que a RTP1 exibiu anteontem, foi vista por 901 900 portugueses, o que equivale a uma audiência de 9,5%. O espaço moderado por Judite de Sousa, subdirectora de Informação, obteve 21,3% de share.
17 de Janeiro de 2009 às 00:30
Manuela Ferreira Leite e José Sócrates deram entrevistas à RTP e SIC, respectivamente
Manuela Ferreira Leite e José Sócrates deram entrevistas à RTP e SIC, respectivamente FOTO: D.R.

Sobre as entrevistas, Vitalino Canas, porta-voz do PS, e Campos Ferreira, do PSD, concordam num aspecto: "Houve um grande contraste entre ambas." Vitalino Canas comenta, a propósito dos jornalistas que conduziram os programas: "A entrevista a Sócrates foi conduzida num contexto bastante mais agressivo do que a que foi feita à drª Manuela Ferreira Leite." O deputado refere ainda que "o PS tem as suas políticas definidas. Mas não se tem ouvido as alternativas do PSD. Só o pessimismo". Quanto às audiências, frisa: "Fico satisfeito por saber que os portugueses deram preferência ao engenheiro Sócrates."

Já Campos Ferreira opina: "A entrevista do primeiro-ministro é, tipicamente, a de um político que tem com as câmaras e com o País uma excessiva preocupação na imagem, no transmitir a sua energia. Não está muito preocupado em que o País perceba com rigor as suas propostas. A telegenia e as posições físicas assim o demonstraram." Quanto a Ferreira Leite, frisa: "A drª Manuela mostrou preocupação com a radiografia realista do País. A sua mensagem foi autêntica e de quem acertou no diagnóstico."

O crítico de televisão Fernando Sobral concorda com a agressividade com que foi conduzida a entrevista na SIC e diz que "Sócrates conseguiu passar melhor a mensagem". Francisco Rui Cádima afirma que Manuela Ferreira Leite "pode convencer não só os militantes e simpatizantes do seu partido mas também aqueles que não estão satisfeitos com o desempenho de Sócrates".

FRASES

"O ENGENHEIRO SÓCRATES FOI MAIS POSITIVO", Vitalino Canas - PS

O engenheiro Sócrates foi muito mais positivo e optimista no seu discurso, enquanto a dr.ª Manuela Ferreira Leite foi mais pessimista e não disse o que faria, apenas o que não faria. Não é isso que dá confiança e alternativas às pessoas.

"AS PESSOAS VÊEM QUEM SE PREOCUPA", Campos Ferreira - PSD

As pessoas, vendo as duas entrevistas, percebem quem se preocupa que os portugueses saibam qual é a realidade, seja ela ou não complexa. E o engenheiro Sócrates não está muito preocupado em que o País saiba com rigor quais são as suas propostas.

"SÓCRATES PASSOU A MELHOR MENSAGEM", Fernando Sobral . Crítico de TV

Há duas diferenças fundamentais. Na SIC, houve uma agressividade muito maior por parte dos entrevistadores do que pela entrevistadora da RTP. E considero que José Sócrates conseguiu passar melhor a mensagem do que Manuela Ferreira Leite.

"FERREIRA LEITE PARECEU MENOS NERVOSA", Rui Cadima, Crítivo de TV

Cada um deles pareceu ter energias renovadas. Pareciam estar ambos na linha de partida para a corrida ‘dos 100 metros’ que se avizinha. Manuela Ferreira Leite pareceu-me menos nervosa. Já Sócrates está mais agressivo nas respostas.

 

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)