Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
5

Sol ataca no Expresso

O prometido é cumprido. O ‘Sol’ acaba de iniciar o ataque à Redacção do ‘Expresso’. Ana Paula Azevedo é a primeira de uma série de aquisições que o semanário a lançar por José António Saraiva em Setembro fará no jornal que dirigiu até Dezembro.
17 de Maio de 2006 às 00:00
Saraiva abre hostilidades
Saraiva abre hostilidades FOTO: Pedro Catatino
O novo fluxo de saídas do ‘Expresso’ inicia-se, agora, com a transferência de Ana Paula Azevedo para ‘O Sol’. Segundo fonte do futuro semanário – o primeiro número sairá para as bancas a 16 de Setembro – garantiu ao CM, o processo ficará concluído, no máximo, dentro de quatro semanas. Recorde-se que a equipa que saiu do jornal de Francisco Pinto Balsemão – José António Saraiva, José António Lima, Mário Ramires e Vítor Raínho – nunca escondeu o propósito de contratar jornalistas de o ‘Expresso’, duas dezenas no máximo. Ana Paula era uma delas.
Ana Paula Azevedo, mulher de José António Lima, que será director adjunto de ‘O Sol’– desempenhava idêntico cargo quando José António Saraiva dirigia o ‘Expresso’–, soube o nosso jornal, já tem missão destinada: chefiar a denominada secção de Investigação.
A futura ex-jornalista do ‘Expresso’, que ainda ontem estava a trabalhar na revista ‘Única’, apurou o CM, acertou, anteontem, a desvinculação com o jornal para o qual entrou em 1987, então na condição de colaboradora permanente. Depois de uma passagem pelo extinto diário ‘Europeu’, Ana Paula Azevedo voltou ao semanário em 1989. Antes de o novo director do ‘Expresso, Henrique Monteiro, proceder à reestruturação na Redacção, a jornalista editava a secção de Sociedade.
Ver comentários