Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
5

Televisões rendem-se ao fenómeno Michael

A SIC Notícias dedicou-lhe um noticiário inteiro. A RTPN, canal público de notícias, mais de meia hora de emissão no jornal da meia-noite. Foi assim um pouco por todo o Mundo, a 25 de Junho, quando se soube da morte de Michael Jackson. No entanto, a cobertura televisiva do caso tem suscitado polémica.

10 de Julho de 2009 às 00:00
Michael Jackson
Michael Jackson FOTO: DR

A BBC, TV pública britânica, cativou uma audiência de 10,7 milhões de pessoas com a notícia da morte do cantor mas recebeu 748 queixas contra a excessiva importância dada ao assunto. Mary Hockaday, porta-voz da BBC, justificou que a morte do rei da pop foi um acontecimento internacional e frisou que a estação não excluiu as notícias mais importantes do dia. “Nessa altura, demos também grande cobertura aos conflitos no Irão”, frisou. com *S.C.

MICHAEL JACKSON

TMZ - A morte do cantor foi noticiada em primeira mão pelo site norte-americano de fofocas.

DIRECTOS - Todas as cadeias internacionais de TV enviaram repórteres para a rua onde morava Michael Jackson e para o hospital, em Los Angeles, onde viria a falecer.

CNN - Exibiu, até ao momento, mais de 100 histórias sobre a morte do cantor.

WEB - Foram feitos mais de 2,5 milhões de downloads sobre o tema.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)