Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media

Tobis vendida a capital angolano

A Tobis foi vendida ontem à Filmdrehtsich Unipessoal Lda., empresa de capitais angolanos que foi especificamente criada para este fim.
24 de Fevereiro de 2012 às 01:00
Após prolongado impasse, o  ICA encontrou um comprador para a produtora cinematográfica
Após prolongado impasse, o ICA encontrou um comprador para a produtora cinematográfica FOTO: Bruno Colaço

Segundo informações fornecidas pelo ICA – Instituto do Cinema e Audiovisual, a empresa vai manter-se na "área de negócio de restauro e digital" como até aqui, conservando também o edifício lisboeta onde sempre funcionou. No entanto, só metade dos postos de trabalho – de um total de 55 funcionários – está assegurada, devendo os processos de rescisão ter início já na próxima segunda-feira, 27.

Enquanto o director do ICA, José Pedro Ribeiro, se congratulava com "um processo negocial intenso" que "salvaguardará o património cinematográfico português" – o acervo da Tobis continuará a ser pertença do Estado português –, o Sindicato Nacional dos Trabalhadores das Telecomunicações e do Audiovisual (SINTTAV), certificou-se de que as rescisões serão assumidas pelo ICA e que o processo deve estar concluído até Março.

O secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, disse que a compra da Tobis não teve a intervenção directa do Estado. Os trabalhadores reúnem--se em plenário hoje.

tobis vendida angolano cinema negócio
Ver comentários