Trabalhadores precários da RTP mandam postais a Gonçalo Reis

Canal garante que os processos estão quase prontos e os funcionários serão integrados.
Por Sónia Dias|13.01.19
Todos os dias, desde 1 de janeiro, os precários da RTP Porto escrevem dois postais, um para Gonçalo Reis, presidente do conselho de administração da estação pública, e outro para Isabel Correia, diretora do Centro de Produção do Norte.

A medida, que continuará até dia 31, pretende sensibilizar os responsáveis para a situação em que se encontram as equipas dos bastidores de programas como ‘Praça da Alegria’ e ‘Bom Dia Portugal’.

"Numa altura em que estão a ser analisados os processos de recurso do PREVPAP [Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública], esta é uma forma de pedir à administração para mudar os seus pareceres", explica ao CM Nelson Silva, da subcomissão de trabalhadores RTP-SA Porto, acrescentando que os trabalhadores não estão autorizados a falar com a CAB (Comissão de Avaliação Bipartida).

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!