Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
7

TVI proíbe gaffe de José Sócrates

Pouco depois das televisões filmarem José Sócrates a fazer testes de som e imagem em São Bento, Lisboa, antes de se dirigir ao País, no passado dia 7 de Abril, a TVI fez circular um e-mail a informar que as referidas imagens não deviam ser utilizadas.
15 de Abril de 2011 às 00:30
“Ó Luís, assim fica melhor ou fica melhor assim?”, questionava Sócrates e as TV captaram. José Alberto Carvalho não quis as imagens “a passar nos spots permanentes”
“Ó Luís, assim fica melhor ou fica melhor assim?”, questionava Sócrates e as TV captaram. José Alberto Carvalho não quis as imagens “a passar nos spots permanentes” FOTO: d.r.

"A pedido da direcção de Informação da TVI venho informar que as imagens do primeiro-ministro a testar o som, no púlpito, em São Bento, fornecidas pela RTP, não são para utilizar", pode ler-se numa comunicação, a que o CM teve acesso, enviada através de um sistema interno da estação, e assinada por Paula Costa Simões, editora de Política. "São assuntos internos que dizem respeito à TVI", disse ao CM a jornalista.

Já José Alberto Carvalho, director de Informação, adianta que "a indicação era no sentido de não utilizar as imagens nos spots permanentes do dia". "Seja como for, elas estão guardadas no nosso arquivo e estão disponíveis através do site", sublinha.

Certo é que a mensagem gerou confusão em alguns jornalistas da TVI, que não perceberam o propósito da mesma. "A ser assim, podemos adivinhar o que esperar no futuro", diz um dos profissionais de Queluz.

SÓCRATES FOI À RTP QUEIXAR-SE DA 'CAÇA' DA TVI

No tempo em que Manuela Moura Guedes apresentava o ‘Jornal Nacional de 6ª’ (TVI), o primeiro-ministro acusou, na RTP, o canal de Queluz de Baixo de fazer uma "caça ao homem" (devido ao processo Freeport) e recusou sempre qualquer entrevista. Inclusive chegou a referir-se àquele espaço de informação como "jornal travestido". A 3 de Setembro de 2009, o referido jornal é suspenso por decisão da administração do canal da Media Capital. Moura Guedes e José Eduardo Moniz , ex-director-geral do canal, fizeram depois queixa por "ofensa à sua honra e dignidade".

sócrates tvi gaffe discurso rtp erc
Ver comentários