Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
1

TVTEL exige dois milhões de euros de indemnização

A TVTel vai apresentar uma queixa em tribunal contra a TV Cabo, por prática predatória e exige uma indemnização que pode chegar aos dois milhões de euros. A operadora do Grande Porto acusa a TV Cabo de abordar os seus clientes e “oferecer-lhes pacotes de televisão, internet e telefone, 40 a 50 % inferiores aos praticados noutras zonas do País”, referiu ao CM Paulo Pereira.
7 de Setembro de 2007 às 00:00
Paulo Pereira, da TVTel
Paulo Pereira, da TVTel FOTO: d.r.
O administrador da empresa nortenha adiantou ainda que além do processo judicial e do pedido de indemnização, “que será de um a dois milhões de euros”, pelos prejuízos resultantes de uma prática que classifica de “anticoncorrêncial e ilícita”, vai também reforçar a queixa que deu entrada, em 2003, na Autoridade da Concorrência, “pelos preços predatórios que a TV Cabo pratica” naquela zona.
“A TV Cabo diz que é normal fazer promoções mas estas são para aniquilar a concorrência”, salientou Paulo Pereira.
Contactada pelo CM, fonte oficial da TV Cabo adiantou que a empresa não está preocupada com o processo: “A nossa actividade é baseada no respeito pelas regras da concorrência. Não podíamos estar mais tranquilos relativamente a essa ou a outra questão.”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)