Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media

UM ‘CONTENTAMENTO DESCONTENTE’

O público votante conseguiu fazer sorrir a readmitida Flora. Mas logo o júri lhe cortou o sonho... Em casa, estão cheios de saudades dela.
26 de Abril de 2003 às 17:29
Filipe Santos e Flora
Filipe Santos e Flora FOTO: Pedro Catarino
Na festa especial de Páscoa da “Operação Triunfo”, a ex-residente Flora foi a concorrente readmitida na escola. Mas como nos disse o seu irmão Leonel, “foi um contentamento descontente”, resumindo, assim, a desconfortável situação da concorrente que foi nomeada na mesma noite em que foi readmitida. “Não sei o que lhe vai na alma, mas esta deve ter sido uma semana muito difícil para a Flora. O coração ressente-se de uma situação tão contraditória...”
Mas aconteça o que acontecer amanhã, domingo, a família da menina de Barcelos garante que ela está a viver um “momento único”, só possível graças à ‘Operação Triunfo’.” Estamos é com saudades dela, porque desde Fevereiro que não a vemos. Nunca a Flora se ausentou mais de uma semana de casa e da família”, conta-nos o Leonel.
Filipe Santos, que pela segunda vez consecutiva se sujeita à votação do público, não teve sorte com o tema que interpretou de parceria com Rui. As canções de Pedro Abrunhosa, que é mais um autor e recitador do que intérprete, dificilmente ganham sonoridade e musicalidade noutras vozes.
No domingo passado, numa gala exclusivamente cantada em português e que reuniu todos os concorrentes da “Operação Triunfo”, a RTP, com um ‘share’ de 27,1 por cento, cometeu a proeza de bater a SIC, que, à mesma hora, exibiu o “Herman SIC”, com um ‘share’ de 21,4 por cento. Porém, a TVI, e à semelhança do dia anterior (sábado, 19) foi a estação preferida dos telespectadores com um ‘share’ de 38,6 por cento alcançado com a exibição da telenovela “Saber Amar”.
PUXÃO DE ORELHAS
Filipe Gonçalves não estava à espera de ser nomeado. A estupefacção ficou-lhe estampada no rosto. Porém, a nomeação do júri não passou de um simbólico puxão de orelhas. O que parece ter-se pretendido foi esbater a auto-estima do concorrente, que paracia excessivamente elevada. A recomendação foi clara: considerado um dos alunos mais dotados da escola, não pode descurar o trabalho. E a humildade.
FAÇANHA DE UM GALÃ
Na gala do passado domingo Rui bisou a façanha de ser eleito um dos concorrentes mais queridos dos telespectadores. Terá a passagem da Filipa ajudado a contribuir para o desabrochar de Rui? É que ele anda mais solto e até já exibiu os seus dotes de repórter desportivo...
A mãe, Manuela, diz que “ele é um galã com as mulheres”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)