Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
9

Vendas de videojogos e DVD mantêm queda

Valor do comércio de vídeos desceu 1,6 milhões de euros em 2015.
Duarte Faria 9 de Abril de 2016 às 15:43
Mercado de DVD, Blu-ray e videojogos em Portugal segue a tendência mundial e perde consumidores há vários anos
Mercado de DVD, Blu-ray e videojogos em Portugal segue a tendência mundial e perde consumidores há vários anos FOTO: Ina Fassbender/Reuters
O mercado de vídeo continua a ser fortemente penalizado pelo declínio do suporte físico em detrimento das plataformas digitais. Em 2015, a venda de DVD e disco Blu-ray em Portugal gerou cerca de 15,1 milhões de euros em receitas.

Uma quebra de 1,6 milhões de euros face a 2014 (menos 9,4%), quando este negócio representou 16,7 milhões de euros, revelam os dados da GfK Portugal a que o CM teve acesso.


Ainda assim, estas perdas são menos significativas do que as registadas entre os anos de 2013 e 2014, quando este mercado caiu cerca de 3,8 milhões de euros (menos 18,5%). De resto, em 2015 foram comercializadas cerca de 1,6 milhões de unidades, um recuo de 17,1% em comparação com 2014, ano em que foram vendidos mais de 1,9 milhões de discos.

Ou seja, uma diferença de cerca de 300 mil unidades. De ressalvar que a análise da GfK incide apenas sobre o mercado físico (com uma cobertura de 94% do mesmo).


Também o mercado dos videojogos, para computadores e consolas, continua em forte recessão. Segundo a Gfk, entre 2014 e 2015, este setor perdeu 7,2% do seu valor, para 40,9 milhões de euros – o que contrasta com os 44 milhões do ano anterior. O número de exemplares vendidos sofreu igualmente uma quebra significativa.

Em 2015, foram comercializadas quase 1,2 milhões de unidades, menos 250 mil do que em 2014. Também neste mercado a análise incide apenas sobre as vendas no formato físico (com uma cobertura de 91%).
Portugal GfK videojogos vídeos DVD comércio
Ver comentários