Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
1

VIOLÊNCIA NA TELEVISÃO

O impacto da televisão na sociedade e o problema da "crescente violência" no audiovisual são temas de conferência internacional promovida pela Universidade Católica Portuguesa (UCP), hoje, em Lisboa.
22 de Janeiro de 2003 às 00:00
A conferência é presidida pela Rainha Sofia, de Espanha. Participam ainda Emídio Rangel (ex-director da SIC e da RTP), o cineasta Manoel de Oliveira, o professor Eduardo Lourenço e outros oradores.

Manuel Braga da Cruz, reitor da UCP, disse que o objectivo é reflectir sobre as mudanças que o audiovisual em geral e a televisão em particular provocaram na sociedade nas últimas décadas e os desafios emergentes dessas alterações.

A conferência nasceu de uma "preocupação" dos responsáveis da UCP e de outras entidades ligadas à cultura e aos direitos dos cidadãos, relativamente ao impacto da televisão na vida social, política e cultural portuguesa.

Braga da Cruz considera que a situação portuguesa "não é muito diferente da que se vive nos outros países mais desenvolvidos", mas alerta que a TV portuguesa nivela os gostos "muito por baixo". Tudo para garantir audiências, diz.

A regulação do sector, que foi há uma semana alvo de uma audição pública promovida no parlamento pelo CDS/PP, é considerada indispensável por Braga da Cruz .
Ver comentários