Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
9

“Voltei a sentir aquela realização pessoal que já não existia”

Nascida numa família de ‘cozinheiros’, Rita Elói Neto quer abraçar o mundo da cozinha e pondera deixar portugal se houver convites
7 de Junho de 2014 às 14:30

O maior sonho de rita concretiza-se já no final deste mês, quando lançar um livro de culinária com receitas da sua autoria. Depois, em outubro, parte para Madrid, onde ingressará na prestigiada escola de alta cozinha Le Cordon Bleu. Depois, é ver o que acontece... "Para já, estou focada no curso, que vai abrir muitas portas", diz à Correio TV a arquiteta de Setúbal que venceu o ‘Masterchef Portugal’. Deixar o País, onde vive com o namorado, não está fora de questão, mas depende dos convites. "Sou jovem e vivo em Portugal, logo essa é uma perspetiva... Contudo, gostava de crescer nesta área cá dentro."

Aos 30 anos, Rita já perdeu a esperança de conseguir trabalhar como arquiteta, a sua área de formação, que diz estar "estagnada". Hoje, questiona-
-se porque nunca apostou numa carreira como chef. "Está a ser uma grande mudança na minha vida. Voltei a sentir aquela realização pessoal que já não existia na minha vida. Agora só quero abraçar este novo projeto", explica a setubalense, que aprendeu a cozinhar quando era pequena.

"Faço parte de uma família de cozinheiros. Pelo menos é assim que lhes chamo. Todos adoram cozinhar, homens e mulheres, e qualquer motivo serve para se fazer uma festa!", adianta Rita, que considera a avó uma das "melhores cozinheiras do mundo". Mas apesar de herdar muitas receitas, o que a ‘Masterchef’ gosta mesmo é de reinventar. "Devemos defender o que é nosso e a nossa gastronomia não podia ser melhor, mas gosto sempre de adicionar o meu cunho".

Masterchef Concurso Culinária TVI Rita Elói Neto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)