Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
3

ZÉ MARIA DE VOLTA À CLÍNICA

Zé Maria regressou, ontem de manhã, aos cuidados da Clínica Psiquiátrica de São José, em Telheiras, Lisboa, depois de ter passado três dias na companhia dos familiares e amigos, em Barrancos.
7 de Setembro de 2004 às 00:00
Internado desde o passado dia 20 de Agosto, o vencedor do primeiro ‘Big Brother’ chegou à unidade hospitalar às 10h00, no seu Peugeot 206 conduzido por uma mulher. Visivelmente debilitado, o barranquenho não gostou da presença da comunicação social à entrada da clínica e, em jeito de ‘cumprimento’ aos jornalistas, fez um gesto obsceno com a mão direita.
A recuperar de um surto psicótico grave, Zé Maria está a receber apoio das irmãs hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus e teve alta durante o fim-de-semana para poder descansar em casa dos pais, em Barrancos.
O Correio da Manhã tentou obter informações sobre o estado de saúde do ex-‘BB’, mas a funcionária não permitiu a entrada da Comunicação Social no edifício e, do lado de dentro, fez saber que “a clínica não dá informações sobre os doentes internados”.
A mulher que acompanhava Zé Maria abandonou a clínica cerca das 10h45, tentando de todas as formas esconder-se das objectivas, não permitindo identificar se seria a irmã do ex-‘BB’, Cristina Seleiro, ou a namorada, Sónia.
Durante os três dias que passou junto à família, Zé Maria ainda passeou por Barrancos e foi visto por alguns barranquenhos. Agora regressado à clínica, o jovem ficará internado por tempo indeterminado.
'EPISÓDIOS' DE ZÉ MARIA
SUICÍDIO
Na madrugada de 15 de Agosto, o ex-‘Big Brother’ pára o carro na Ponte 25 de Abril, desce até à linha do comboio e tenta suicidar-se. É salvo por dois agentes da Brigada de Trânsito.
NU NA RUA
O barranquenho é visto, na tarde de 17 de Agosto, a passear nu na rua, numa segunda tentativa de se atirar ao rio. É surpreendido pela PSP, que o leva para o Curry Cabral, em Lisboa.
INTERNAMENTO
A 18 de Agosto, Zé Maria dá entrada no Hospital Miguel Bombarda e dois dias depois é transferido para a Clínica Psiquiátrica de São José, Lisboa, onde permanece desde então.
GESTO É "CONSEQUÊNCIA DO 'STRESSE'"
O psicólogo Luís Reto explicou ao CM que a decisão de ‘libertar’ Zé Maria durante o fim-de-semana depende das “regras da clínica e do estado de evolução” que o doente apresenta.
“Hoje em dia já não há aquela ideia de internados crónicos, excepto em casos muito raros. O Zé Maria sofre de surtos psicóticos, que, como o nome indica, são surtos e não quer dizer que fique sempre psicótico, mas com a medicação indicada pelo terapeuta é possível controlar melhor essas perturbações”, disse Luís Reto. O facto de Zé Maria ter feito um gesto obsceno perante a presença dos jornalistas é, segundo o psicólogo, “consequência do forte ‘stress’” em que se encontra. “Não podemos esquecer que foi a exposição pública que o criou e desfez. O problema dele é ter de lidar com uma nova identidade, que surgiu após o concurso e com a qual ele não estava preparado para sustentar”, acrescentou Luís Reto.
A ida a casa durante três dias poderá “fazer parte da terapia”, mas a duração do período de internamento “depende do clínico e do acompanhamento” que o ex-‘BB’ tiver daqui em diante.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)