Barra Cofina

Conheça os truques para prolongar o bronze do verão mais tempo

O verão está a chegar ao fim e está na altura de nos despedirmos também dos tons mais bronzeados da nossa pele. No entanto, não precisa de se despedir tão cedo.
Por Inês Esteves 14 de Setembro de 2020 às 16:32
Como prolongar o bronze do verão sem esforço
Como prolongar o bronze do verão sem esforço FOTO: Unsplash

É tempo de começarmos a dizer adeus à rotina das férias de verão e ao nosso bronze. No entanto, o tom que a nossa pele ganhou devido ao sol não precisa já de passar à história. Por isso, referimos aqui alguns truques e produtos (todos se encontram em supermercados a preços acessíveis) e conselhos que ajudam a manter o bronze o resto do ano.  

Para começar, e ao contrário do que se pensa, o autobronzeador não serve apenas para quando não tivemos tempo de apanhar sol e funciona melhor em pele ligeiramente bronzeada. Este melhora mesmo o bronze e tem um resultado mais natural.

A exfoliação da pele é muito importante porque devolve o brilho, e assim consegue-se um tom mais uniforme na pele, e ao contrário do que parece, o tom não desaparece com a exfoliação. Este passo da nossa rotina de beleza elimina as células e peles mortas, e também é um bom caminho para a pele bronzeada.

Por muito redundante que pareça, é verdade que a hidratação é muito importante para manter o tão desejado bronze, porque impede que a pele seque. Os produtos mais indicados para este caso são os aftersun, porque para além das propriedades de hidratação têm ingredientes anti-inflamatórios que acalmam a pele depois do sol.

O óleo de rosa mosqueta, que é também utilizado para uniformizar o tom de estrias, tem ótimas propriedades hidratantes que ajudam a manter o efeito da pele tocada pelo sol. Este óleo é formulado com nutrientes essenciais, entre eles proteínas responsáveis pela regeneração das células e da vitamina C, que é um antioxidante natural.

Por fim, os antioxidantes são uma grande ajuda para manter a pele bronzeada. Estes,« podem ser encontrados nas frutas e vegetais tais como laranjas, tangerinas, limões, limas, toranjas, morangos, framboesas, frutos vermelhos, cenouras, abóboras, pimentos, tomates e vegetais de folhas verdes como brócolos, espinafres ou couves.

Relacionadas
Notícias Recomendadas
Saúde de A a Z

Vacina da gripe pode proteger da Covid-19

Em experiências laboratoriais, cientistas verificaram que a vacina da gripe tomada no inverno passado pode ajudar as principais células saudáveis a responder de forma mais eficaz não só à gripe, mas também ao novo coronavírus. 

Família

"A coparentalidade pode ser saudável"

“Divórcio Positivo” é o primeiro livro de Marta Moncacha, que também é mãe, divorciada e filha de pais divorciados. Entretanto, tornou-se especialista em separações e coparentalidade.